MENU

Gremistas secam o Goiás, mas lembram de fazer o próprio trabalho

Gremistas secam o Goiás, mas lembram de fazer o próprio trabalho

Atualizado: Sexta-feira, 26 Novembro de 2010 as 7:39

  Pés em campo, olhos na TV. Os jogadores do Grêmio passarão os últimos dias da temporada divididos entre a própria campanha no Brasileirão, e a decisão da Sul-Americana. Para chegar à Taça Libertadores em 2011, os gaúchos precisam garantir a 4ª colocação na competição nacional, e ainda torcer por derrota do Goiás na final contra LDU ou Independiente.

Após o treino da tarde desta quinta, o lateral-esquerdo Fábio Santos falou sobre o dilema. Ele admite que vai secar o Goiás na Sul-Americana, mas lembra que os compatriotas precisam ser respeitados.

- A gente vai secar de qualquer jeito. Mas é uma equipe que precisa ser respeitada. Independentemente de Palmeiras ou Goiás seria difícil para a gente. Claro que o resultado surpreendeu um pouco - disse, referindo-se à eliminação do Palmeiras.

Adilson alerta, entretanto, que de nada adiantará um insucesso goiano se o Grêmio não se garantir no G-4.

- Depende primeiro da gente, não adianta nada torcer por um estrangeiro e não fazermos a nossa parte.

Sobre o confronto da noite de quarta - o Goiás venceu o Palmeiras fora de casa por 2 a 1, de virada - o volante tricolor acredita que os anfitriões podem ter 'entrado no oba-oba":

- Estava vendo o jogo, talvez o Palmeiras tenha entrado no oba-oba por ter vencido em Goiânia. É uma armadilha da vida. O Goiás está tentando salvar o ano deles, e vão fazer de tudo para conquistar o título. Mas eu prefiro pensar só na nossa parte, não adianta nada falar disso e não chegar ao G-4.

veja também