MENU

Guardiola dedica vitória sobre Real a Cruyff, desafeto de José Mourinho

Guardiola dedica vitória sobre Real a Cruyff, desafeto de José Mourinho

Atualizado: Terça-feira, 30 Novembro de 2010 as 8:54

Pep Guardiola dedicou a goleada de 5 a 0 sobre o Real Madrid a um dos maiores ídolos da história do Barcelona: o holandês Johan Cruyff, desafeto de José Mourinho. Para o treinador do time catalão, o ex-técnico e jogador do clube é uma das principais influências da atual equipe.

Além de Cruyff, que treinou o Barça entre 1988 e 1996 (conquistando a primeira Liga dos Campeões do clube em 1992), Guardiola citou também o espanhol Carles Rexach, que jogou e trabalhou ao lado do holandês no Barcelona.

- Quero dedicar esta vitória a Rexach e Cruyff, porque foram eles que nos ensinaram o caminho. Esta é a vitória de todos que nestes 15 anos acreditaram nesta forma de jogar futebol - disse Guardiola.

Desde a chegada de Mourinho ao Real Madrid, Cruyff criticou várias vezes o português e chegou a afirmar que jamais contrataria o treinador caso fosse dirigente de algum clube. A derrota para o Barça foi a primeira de Mourinho em jogos oficiais na temporada.

Apesar de não terem marcado gols no 5 a 0, o brasileiro Daniel Alves e o argentino Lionel Messi receberam muitos elogios de Guardiola. Para o técnico, o lateral-direito titular da Seleção de Mano Menezes se sacrificou pela equipe.

- Quero parabenizá-lo porque tinha que ficar mais cuidadoso no ataque e hoje nos ajudou demais. Messi não faz apenas gols. Ele é o melhor em tudo no jogo e tem apenas 23 anos - concluiu.

"Para ser mi primer clásico, más no puedo pedir. Estoy muy contento no sólo por el resultado, sino por la forma en que lo hemos logrado, con nuestro estilo con nuestra forma de juego", señaló Villa tras el encuentro en declaraciones a Canal Plus.

veja também