MENU

Guilherme Santos diz ter sido vítima de racismo na Arena do Jacaré

Guilherme Santos diz ter sido vítima de racismo na Arena do Jacaré

Atualizado: Sábado, 2 Julho de 2011 as 10:05

Segundo lateral, ele teria sido chamado de macaco

(Foto: Marco Antônio Astoni / Globoesporte.com)

  O lateral Guilherme Santos causou polêmica ao bater boca com torcedores após ter sido expulso no jogo em que seu time, o Atlético-MG, foi goleado por 4 a 0 pelo Internacional, na Arena do Jacaré. De cabeça fria, o jogador explicou a situação e disse ter sofrido com racismo. Segundo ele dois torcedores o chamaram de macaco, por isso a atitude tomada.

- Primeiramente, estou triste. Vim treinar hoje (sexta-feira) de uma maneira que nunca me senti antes. E segundo, o gesto e a discussão foram pra dois torcedores só. Meu pai e minha mãe estavam detrás da grade e eles (torcedores) me ofenderam, me chamando de macaco. Eu não gostei porque a gente tem que ter respeito. Desde já eu peço desculpa se eu ofendi algum torcedor naquele momento. Foi uma coisa de cabeça quente, mas foi direto pros dois torcedores que me provocaram.

Punição

A assessoria de imprensa do Atlético-MG informou que o lateral foi multado, uma punição de praxe após expulsões - e não especificamente pelos gestos obscenos que fez à torcida.

  Na tarde desta sexta-feira, diretoria e comissão técnica se reuniram com o elenco do Atlético-MG, na Cidade do Galo. A conversa, segundo Guilherme Santos, foi com todos os jogadores, e não direcionada a um ou outro.

- A conversa foi com todos, para saber o que está acontecendo. Acho que depois de um jogo desse tem que ter uma conversa. A situação é que a diretoria e o Dorival estão cientes que tem que mudar alguma coisa na nossa equipe. Talvez seja um momento ruim porque jogadores de qualidade nós temos. Com fé em Deus temos que torcer pra este momento ruim passar.

O Atlético-MG volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h50m (de Brasília). O time vai a Fortaleza, onde enfrenta o Ceará, no Estádio Presidente Vargas.            

veja também