MENU

Hamilton descarta privilégios na McLaren

Hamilton descarta privilégios na McLaren

Atualizado: Sexta-feira, 5 Março de 2010 as 12

Há três anos Lewis Hamilton estreava na Fórmula 1 e tinha ninguém menos que o bicampeão mundial Fernando Alonso como companheiro de equipe. Depois disso, o inglês se destacou na sua primeira temporada na categoria e ao longo do ano se envolveu em diversas polêmicas com o espanhol. Atualmente, as desavenças entre os dois ainda rendem assunto, mas o piloto da McLaren acredita que foi mal interpretado.

- No começo do meu primeiro ano eu estava ao lado de um bicampeão mundial e ele era visto como o cara que ganharia o Mundial. Acho que na época eu fui mal interpretado em relação aos objetivos e a compreensão de como a equipe trabalhava – disse Hamilton à BBC.

Uma das reclamações de Alonso seria de que Hamilton teria privilégios dentro da equipe. O inglês, no entanto, discorda das acusações do espanhol e acredita que a escuderia só fez o melhor para os seus pilotos.

- Mas desde que cheguei aqui eles fazem de tudo para nos dar individualmente o melhor pacote possível. Eu nunca tive mais do que o meu companheiro de equipe. Sempre tivemos em igualdade de condições, o que é a coisa mais importante dentro de uma escuderia.

Nesta temporada, o inglês terá novamente um campeão mundial como parceiro de equipe. Jenson Button venceu o campeonato do ano passado pela Brawn GP e é o novo reforço da McLaren. Mas, desta vez, Hamilton aposta em uma boa relação com seu parceiro.

- É diferente. Nós aprendemos com as experiências. Nos damos muito bem.

Um dos grandes nomes da nova geração da Fórmula 1, Hamilton foi o piloto mais jovem a ganhar um Mundial da categoria. Agora, com mais experiência, ele terá a oportunidade de correr pela primeira vez com o heptacampeão Michael Schumacher, seu ídolo no esporte.

- Foi uma sensação única e especial ver Michael Schumacher à frente de mim. É uma sensação diferente em comparação do que quando você passa por qualquer outro piloto, porque ele é heptacampeão mundial. Ele é uma lenda – disse Hamilton à Autosport referindo a temporada de testes da Fórmula 1.

veja também