MENU

Hélton faz aniversário, e Porto decide Liga Europa com o Braga, em Dublin

Hélton faz aniversário, e Porto decide Liga Europa com o Braga, em Dublin

Atualizado: Quarta-feira, 18 Maio de 2011 as 9:42

Saúde, paz, sucesso e realizações. Desejos comuns em um aniversário. Na lista do goleiro Hélton, do Porto, neste ano, no entanto, há um ítem a mais. Nesta quarta-feira, quando comeplta 33 anos de vida, o arqueiro entra em campo para defender sua equipe na final caseira da Liga Europa, contra o Braga, às 15h45 (de Brasília), em Dublin, na Irlanda. E o presente mais especial que ele poderia ganhar não poderia ser outro: a taça.

Animado com a possibilidade de conquistar o segundo título ano e décimo-primeiro de sua carreira defendendo os Dragões, Hélton festeja a grande temporada do clube, que conquistou o Português de forma invicta e, além da final da Liga Europa, ainda vai disputar o título da Copa de Portugal, mas pede concentração total da equipe para fechar com chave de ouro um ano tão positivo. Para o goleiro, é a chance do primeiro título continental pelo Porto.

- Sabemos que existe esse favoritismo, mas estamos todos empenhados e conscientes de que será um grande jogo e difícil para todos, até porque o Braga já deixou grandes adversários para trás e tem seu  mérito em estar nesta decisão. É uma oportunidade única e acho que nada melhor do que disputar da melhor forma e me dedicar ao máximo para sair com a vitória. Seria um grande presente de aniversário e tenho que agarrar isso com unhas e dentes, literalmente. Já tenho onze títulos aqui e agora tenho a oportunidade de conquistar mais dois e vou fazer de tudo para isso - afirmou o goleiro, em entrevista por telefone ao GLOBOESPORTE.COM.

Dublin, 18 de maio: especial para o Porto e, principalmente, para o goleiro brasileiro Hélton (Foto: EFE)

  Portugal vai parar para ver a final

Apesar de a final ser em Dublin, Portugal vai parar para assistir ao confronto. Segundo Hélton, não se fala em outra coisa no país. Feliz com o reconhecimento que tem no Porto, o arqueiro pede também que os brasileiros que gostam dele, principalmente, é claro, os vascaínos, fiquem na torcida pelo sucesso dos Dragões na decisão.

- É um jogo que está tendo muita atenção aqui e não conseguimos definer a importância. É um sentimento muito forte. É muito gratificante saber que as pessoas do Brasil também irão assistir ao jogo e peço que todos torçam por mim. Sou suspeito para falar. São muitos brasileiros que estão fazendo sucesso no país e na Europa em geral. Fico muito satisfeito - afirmou Hélton, que vê a dupla de ataque e o técnico Villas-Boas como grandes destaques do time no ano.

Andre Villas-Boas, técnico do Porto, é muito elogiado por Hélton (Foto: AP)

  - Não trabalhei com o professor Mourinho, mas sempre comparam o André (Villas-Boas) a ele e acredito que todos os elogios são válidos. Ele é um excelente treinador, uma pessoa tranquila, amiga e que ajuda muito. Além disso, temos o Hulk e o Falcao, que dão muita confiança sempre marcando gols e ajudando na marcação lá na frente. Estamos muito confiantes e acreditamos bastante no título - observou.

Apesar do sucesso e da confiança, Hélton garante que não nenhum tipo de oba-oba no Porto, mesmo após conquistar o título português de forma invicta e de ser considerado o grande favorito ao título da Liga Europa.

- A humildade do grupo foi um dos grandes quesitos que fez com que o clube chegasse até aqui. Mesmo com o favoritismo, nunca ninguém deixou de dedicar. Ser campeão invicto é complicado e quando conseguimos uma proeza como essa é muito legal, mas isso não vai tirar a nossa concentração - ressaltou.

Azarões confiam em surpreender novamente

Para chegar à decisão, Braga superou o também favorito Benfica na semifinal (Foto: AP)

  No Braga, ninguém se sente ofendido com o favoritismo dado ao Porto na decisão. Pelo contrário, os jogadores consideram que o clube, de fato, é quem tem mais chances de faturar o título, mas não se abatem por conta disso. O brasileiro Alan avisa: o Braga vai fazer de tudo para surpreender e tentar desbancar o Porto.

- Temos de jogar no limite e procurar ganhar. É uma final e tudo é possível. Temos time para ganhar do Porto. Fizemos bons jogos com o Porto no ano. Perdemos em detalhes e, numa final, quem errar menos, ganha. Temos que ter muita união e disciplina, mas estamos confiantes - garantiu o centroavante.

Do outro lado, no entanto, estará Hulk, artilheiro do Porto no ano, com 39 gols em 57 jogos. Vivendo a melhor temporada de sua carreira, o goleador não quer dar chances ao azar e promete fazer de tudo para ajudar a equipe a confirmar o favoritismo e sair com o título.

- Este ano foi maravilhoso. É como na vida, vamos crescendo, aprendendo e melhorando. Já conquistei seis títulos no Porto. Temos mais dois em disputa. Quero continuar crescendo e melhorando - finalizou o brasileiro.          

veja também