MENU

Henrique lamenta gancho de Felipão e afirma que o técnico é perseguido

Henrique lamenta gancho de Felipão e afirma que o técnico é perseguido

Atualizado: Terça-feira, 23 Agosto de 2011 as 9:45

Henrique prefere o estilo europeu de arbitragem

(Foto: Ag. Estado)

  O Palmeiras não terá o técnico Luiz Felipe Scolari no banco de reservas em seus dois próximos jogos do Campeonato Brasileiro, contra Corinthians, em Presidente Prudente, e Botafogo, no Rio de Janeiro. Uma péssima notícia para os jogadores. Segundo Henrique, a presença do técnico é fundamental ao time.

Na segunda-feira, antes mesmo de o comandante alviverde ter sido julgado no STJD, o zagueiro falou sobre a possibilidade de perder o técnico por alguns jogos

- A importância de um treinador como ele é grande. A presença dele no banco de reservas é fundamental – comentou o defensor.

De volta da Europa há pouco tempo, Henrique acredita que os árbitros do Campeonato Brasileiro estão fazendo forte marcação a Felipão. No último domingo, aliás, ele ameaçou não ir mais aos bancos de reservas para evitar problemas.

- Os árbitros estão perseguindo muito ele – resumiu o zagueiro alviverde.

Acostumado ao estilo europeu de arbitragem, por conta dos anos na Alemanha e na Espanha, Henrique acha o futebol no Brasil muito truncado.

- Lá fora é totalmente diferente. É mais firme. Aqui, dependendo da falta, você já recebe o cartão amarelo. Os árbitros têm de deixar o jogo correr mais – finalizou.

Nesta quinta-feira, o Palmeiras encara o Vasco, no Pacaembu, pela partida de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. Derrotado por 2 a 0 no jogo de ida, no Rio de Janeiro, o Verdão precisa vencer por três gols de diferença. No domingo, pelo Brasileirão, tem clássico com o Corinthians, em Presidente Prudente.          

veja também