MENU

Hexa de 2008 vira combustível para São Paulo manter o sonho do título

Hexa de 2008 vira combustível para São Paulo manter o sonho do título

Atualizado: Sexta-feira, 14 Outubro de 2011 as 10:14

A situação do São Paulo não é das mais fáceis no Campeonato Brasileiro. Apesar de permanecer no grupo da Taça Libertadores da América, a equipe comandada por Adilson Batista não sabe o que é vencer uma partida há cinco jogos e tem em mente que, para levantar seu sétimo título nacional, precisará de uma arrancada nas nove rodadas finais que restam. Para dar novo ânimo ao grupo, que vem sendo constantemente criticado pela torcida, nada melhor do que se apegar ao passado recente de conquistas.

São Paulo durante a comemoração do título brasileiro de 2008 (Foto: André Durão/Globoesporte.com)

  O último título de expressão conquistado pelos lados do Morumbi foi o Campeonato Brasileiro de 2008, quando o time teve uma grande arrancada no segundo turno. Para se ter uma ideia, quando começou a segunda fase da competição daquele ano, o Tricolor foi derrotado pelo Grêmio por 1 a 0 e viu o rival comandado por Celso Roth abrir 11 pontos de vantagem.

Quando faltavam nove rodadas, mesma situação de agora, a vantagem rival era de quatro pontos. Foi então que o time alcançou resultados espetaculares. Em suas nove últimas apresentações, conquistou sete vitórias e dois empates. O último triunfo foi diante do Goiás, no dia 7 de dezembro, por 1 a 0, resultado que garantiu o caneco do time dirigido na época por Muricy Ramalho. Veja no quadro abaixo a arrancada que garantiu o título.   A situação agora é a mesma e o goleiro e capitão Rogério Ceni sabe que a equipe precisará repetir aquela campanha para voltar a sentir o gostinho de levantar a taça.

- O empate foi uma grande perda de possibilidade. Agora a gente precisa ganhar tudo para ser campeão. Tem de ganhar o próximo, mas está difícil – afirmou o camisa 1 do time do Morumbi logo após o 0 a 0 diante do Internacional, na quarta-feira, em Barueri.

O zagueiro Rhodolfo disse que, para o time voltar a sonhar, precisa encarar as rodadas que restam como “finais de campeonato”. A primeira será no domingo, diante do Atlético-GO, no estádio Serra Dourada, a partir das 18h.

- Mesmo sem ganhar há cinco jogos, continuamos na parte de cima da tabela. Agora chega, temos de colocar na cabeça que serão nove finais de campeonato daqui para frente. Domingo não será fácil, o Atlético é um time muito difícil de ser batido na sua casa, mas não podemos vacilar novamente. Temos que sair de campo com a vitória de qualquer maneira – lembrou.

veja também