MENU

Honra x sobrevivência: América-MG recebe o ameaçado Atlético-PR

Honra x sobrevivência: América-MG recebe o ameaçado Atlético-PR

Atualizado: Domingo, 27 Novembro de 2011 as 10:38

Para os jogadores do América-MG, o jogo vale a honra e a dignidade. Para os do Atlético-PR, significa uma sobrevida na elite nacional. É com este cenário que o já rebaixado Coelho recebe o Furacão às 17h (de Brasília) deste domingo, no Parque do Sabiá, em Uberlândia-MG, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A semana que antecedeu este duelo foi marcada por polêmicas. Boatos sobre uma possível "mala branca" aos mineiros tomaram conta de entrevistas coletivas. Os jogadores garantem que não receberam incentivo de Atlético-MG, Bahia, Ceará ou Cruzeiro, que lutam para se livrar da queda. Já os atletas do Furacão afirmam que, com ou sem incentivo para os adversários, o time precisa vencer. Outra polêmica foi pela curta passagem de Antônio Lopes, agora no Atlético-PR, pelo América-MG. Foram quatro jogos, com dois empates e duas derrotas. Jogadores do clube mineiro criticam o Delegado, que, segundo eles, desmotivou o grupo.

Lopes deixou o Coelho para resolver problemas particulares. Foi substituído por Givanildo de Oliveira e, meses depois, assumiu o comando do Atlético-PR. Giva, aliás, já comandou o próprio Furacão, em 2006. O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances da partida em Tempo Real, com vídeos exclusivos. O Premiere exibe a partida através do sistema pay-per-view.

América-MG: o técnico Givanildo terá voltas importantes e poderá colocar o que tem de melhor em campo. A única dúvida fica por conta do volante Amaral, poupado do último coletivo por causa de uma gripe. O provável Coelho terá: Neneca, Gabriel, Micão e Everton Luiz; Marcos Rocha, Leandro Ferreira, Amaral (China), Rodriguinho e Gilson; Kempes e Fábio Júnior.

Atlético-PR: Antônio Lopes promove os retornos do volante Deivid e do atacante Federico Nieto. Eles substituem Renan Foguinho e Morro García. O time deve ser o mesmo que venceu o São Paulo, pela 35ª rodada. A escalação: Renan Rocha; Wendel, Manoel, Gustavo Araújo e Heracles; Deivid, Marcelo Oliveira, Paulo Baier e Marcinho; Guerrón e Nieto.

América-MG: o departamento médico continua com o zagueiro Otávio, os meias Luciano e Fabrício, e ainda ganhou a visita do zagueiro Anderson e do volante Glauber. Os cinco estão fora, assim como o zagueiro Willian Rocha, suspenso.

Atlético-PR: os únicos desfalques são os volantes Kleberson e Paulo Roberto. O Xaropinho, que passou por cirurgia no ombro, já ficou fora das últimas dez rodadas. Já Paulo, com lesão no tornozelo, não atua desde a primeira rodada do Brasileiro. Eles devem voltar apenas em 2012.

América-MG: Anderson, Fábio Júnior, Gabriel Santos, Kempes, Marcos Rocha, Neneca, Otávio, Rodriguinho e Thiago Carleto.

Atlético-PR: Guerrón, Gustavo Araújo, Marcinho, Renan Rocha, Rodriguinho e Wagner Diniz.

Elmo Resende Cunha (GO) apita a partida, auxiliado por Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Evandro Gomes Ferreira (GO). Ao todo, Elmo participou de nove jogos, aplicou 38 cartões amarelos (média de 4,2) e três vermelhos (média de 0,3), marcou 286 faltas (média de 31,7) e dois pênaltis no Campeonato Brasileiro, que registra média de 5,2 amarelos, 0,3 vermelho e 35,6 faltas. Desses amarelos, 20 foram para mandantes e 18 para visitantes. Ele apitou um jogo do Furacão e nenhum do América-MG na Série A deste ano: Atlético-PR 1 x 1 Flamengo, pela quarta rodada.

América-MG: o lateral-direito Marcos Rocha é um dos jogadores mais importantes no time do América-MG, principalmente nas criações de jogada. Diante do Atlético-PR, ele deixou claro que terá uma motivação a mais: a insatisfação com o técnico Antônio Lopes.

Atlético-PR: Federico Nieto volta ao time do Atlético-PR após cumprir suspensão no empate com o Cruzeiro. Autor de quatro gols no Brasileirão, o argentino é uma das principais esperança de gol do Furacão.

Fábio Júnior, atacante do América-MG: "Acho que a gente tem que manter a postura dos últimos jogos, nas vitórias sobre Corinthians, Fluminense e Botafogo. A equipe soube manter a posse de bola, ser agressivo no momento certo. A gente tem que ter a mesma paciência nesse jogo. Eles vêm para cima, pois só a vitória interessa".

Deivid, volante do Atlético-PR: “São dois jogos decisivos, como coloco o do América como de grande importância. Temos que ganhar, senão de nada adianta o último. O time está focado, e acredito que vamos sair com uma vitória de lá ”.

* Quem tem vantagem? Confira o histórico do confronto na Futpédia

* América-MG e Atlético-PR estão entre os times que menos finalizam no Campeonato Brasileiro. O Coelho, com 477 em 36 partidas, é apenas o 13° colocado no quesito. Já o Furacão, com 452 finalizações, é o 15°. No número de chutes, eles também estão mal. O América é o 14°, com 329. Já o Atlético é o 17°, com 317 chutes.

* Em 18 jogos como mandante no atual Brasileirão, o América-MG venceu seis, empatou sete e perdeu cinco. Por outro lado, o Atlético-PR tem duas vitórias, três empates e 13 derrotas como visitante na competição.

No confronto do primeiro turno, Atlético-PR e América-MG ficaram no empate por 2 a 2. O meia Marcinho abriu o placar logo a um minuto de jogo. O atacante Edigar Junio ampliou na sequência. A reação do Coelho começou ainda no primeiro tempo. O atacante Kempes descontou aos 28 minutos. Na etapa final, o atacante André Dias deixou tudo igual. A partida recebeu 13.487 pagantes, para uma renda de R$ 177.110.        

veja também