MENU

Hora do recomeço: Inter parte em busca do turno perdido

Hora do recomeço: Inter parte em busca do turno perdido

Atualizado: Quinta-feira, 10 Março de 2011 as 11:01

Não tem mais aquele papo de time B. É com o elenco principal, com seus jogadores mais importantes, com a mesma turma que luta pelo título da Libertadores que o Inter reinicia, às 19h30m desta quinta-feira, sua batalha pela conquista do Gauchão. O Colorado larga no segundo turno do Estadual contra o Ypiranga, no Beira-Rio, tentando eliminar a decepção da primeira metade da disputa.

Para poder encarar a decisão regional, não há alternativa que escape da necessidade de vencer o returno. O time B, de campanha atropelada na Taça Piratini, nem existe mais. Agora, a obrigação está exclusivamente com os comandados de Celso Roth, mesmo que o foco vermelho esteja na Libertadores.

O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partida em Tempo Real. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra ao vivo para todo o país. O jogo será apitado por Roger Goulart, auxiliado por José Javel Silveira e Maurício Coelho Silva Penna.

Inter : após duas semanas dedicadas exclusivamente aos treinamentos, o Inter conta com uma boa largada no returno do Estadual para já começar a apagar o insucesso na primeira metade da competição. A partida também serve de preparação para o duelo da semana que vem, na Bolívia, contra o Jorge Wilstermann, pela Libertadores, já que o clube não realizou amistosos no recesso de jogos.

Ypiranga : o Ypiranga se reforçou para ir melhor na Taça Farroupilha do que foi no primeiro turno do Gauchão, quando morreu nas quartas de final, eliminado com goleada de 5 a 0 para o Grêmio. Para isso, roubar pontos do principal time do Grupo 1 é fundamental.

Inter : o técnico Celso Roth testa uma formação mais ofensiva, com a saída de Wilson Matias e a entrada de Tinga. O lateral-direito Nei e o zagueiro Índio são desfalques, assim como o capitão Bolívar o meia D'Alessandro, que já estavam afastados. Rafael Sobis, recuperado de lesão muscular, fica no banco. Na zaga, Rodrigo fará seu primeiro jogo como titular. Escalação: Lauro, Daniel, Sorondo, Rodrigo e Kleber; Bolatti, Guiñazu, Tinga, Oscar e Zé Roberto; Leandro Damião.

Ypiranga : Agenor Piccinin, o técnico do Ypiranga, contabiliza reforços e lamenta ausências na largada de sua equipe no returno do Gauchão. Ele passa a contar com o lateral-esquerdo Branco, o meia-atacante Peter e o atacante Rafael Santiago, mas perdeu um dos jogadores mais importantes do elenco, o avante Elcimar, lesionado. O lateral-esquerdo Baroni também é ausência. Possível escalação: Bruno, Tiago Gasparino, Glauco, Mateus e Branco; Fred, Saulo, Tiago Pereira e Emerson; Rafael Santiago e Cleiton.

Inter: Oscar vem arrebentando nos treinos do Inter e recebe a chance para comprovar, na prática do jogo, que pode ser titular do time de Celso Roth. Com bola no pé aliada a boa agressividade ofensiva, o garoto pinta como alternativa para um time mais contundente, como deseja o técnico. A questão é que ele precisa mostrar muita qualidade no jogo, porque em breve o Inter terá o retorno de D'Alessandro.

Ypiranga: o meia Peter tem condições legais de estrear pelo Ypiranga. O ex-jogador do Grêmio, que chegou a ser destaque no Figueirense, tenta recuperar o futebol perdido nos últimos anos. Aos 27 anos, é um jogador de presença forte no meio, que se destaca pela qualidade dos chutes a gol.

Celso Roth, técnico do Inter : "Treinamos o que podíamos ter treinado fisicamente, taticamente. Agora, é colocar em prática. O balanço desse período foi ótimo. Fizemos treinamento tático, técnico, ofensivo, defensivo, jogadas ensaiadas. Isso tudo é para ter base para a volta. Fizemos essa opção de treinos porque não faz dois meses que voltamos das férias. No primeiro jogo, tínhamos 12 dias de trabalhos. Esse lastro de duas semanas vai ser importante para que possa dar base para o resto da temporada, com três competições longas, mais a Recopa. Agora, é hora de colocar em prática".

  Agenor Piccinin, técnico do Ypiranga: "Queremos estrear com o pé direito, mostrando o futebol que estávamos apresentando no primeiro turno e que nos deixou com 14 pontos, três a menos do que o primeiro colocado. O comprometimento é fazer o mesmo número de pontos no segundo turno ".      

veja também