MENU

HRT confirma Karun Chandhok na vaga de companheiro de Bruno Senna em 2010

HRT confirma Karun Chandhok na vaga de companheiro de Bruno Senna em 2010

Atualizado: Quinta-feira, 4 Março de 2010 as 12

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) pediu esclarecimentos à McLaren sobre sua asa traseira, após reclamação da RBR. O problema seria o desenho da tampa do motor e sua influência no aerofólio. Isto reduz o arrasto aerodinâmico e melhora a velocidade final do carro em aproximadamente 10 km/h. Se a peça for reprovada antes da primeira corrida de 2010, no dia 14 de março, no Bahrein, a equipe inglesa não poderá usar a inovação.

Com a asa polêmica, a McLaren foi a melhor na última sessão de testes coletivos da pré-temporada da Fórmula 1, realizada no circuito de Barcelona na semana passada. A situação lembra os problemas causados pelos difusores duplos, lançados na temporada passada por três equipes - Brawn GP, Williams e Toyota.

- Existe um pouco de barulho sobre a asa traseira da McLaren. Eles têm uma fenda que afeta o fluxo de ar e melhora a velocidade final em linha reta. Acho que isso será resolvido antes da primeira corrida. Pedimos esclarecimentos à FIA, mas acho que a Ferrari está mais em cima do assunto do que nós, para falar a verdade - diz Christian Horner, chefe da RBR, em entrevista ao jornal inglês "Daily Telegraph".

No ano passado, apesar dos protestos de Ferrari, RBR e McLaren, o difusor duplo foi declarado dentro do regulamento. Jenson Button, da Brawn GP, venceu seis das sete primeiras corridas e conseguiu uma vantagem decisiva no campeonato. Segundo Horner, a questão atual não chega perto da polêmica de 2009, mas admitiu que sua equipe está trabalhando em uma peça similar, caso ela seja considerada legal.

- Basicamente, se você fizer isso, diminui o arrasto e ganha velocidade em reta. É algo que tem sido feito ao longo dos anos, mas com os separadores de asa, isso supostamente não poderia acontecer. Nossa pergunta, em último caso, será: "É um desenho inteligente ou uma violação das regras?" Eles devem confiar na legalidade. Acho que será liberado.

McLaren diz que asa está dentro do regulamento

No entanto, a McLaren acredita que não existirão problemas com a legalidade do projeto de sua asa traseira. A equipe inglesa minimizou as reclamações da RBR e afirmou que o desenho do MP4/24 está dentro do regulamento.

- Estamos muito confiantes de que nosso carro é inteiramente legal e não tememos protestos. Aliás, falamos com a Ferrari nesta manhã e eles disseram que não fizeram protestos sobre o aerofólio - diz uma porta-voz da McLaren à revista inglesa "Autosport".

A Ferrari confirmou que não pretende levar a questão adiante e afastou a possibilidade de fazer um protesto formal na FIA.

veja também