MENU

Inconstantes, Palmeiras e Flamengo medem forças no Pacaembu

Inconstantes, Palmeiras e Flamengo medem forças no Pacaembu

Atualizado: Quarta-feira, 2 Junho de 2010 as 9

O confronto desta quarta-feira, às 21h50m, no Pacaembu, colocará frente a frente equipes que no ano passado protagonizaram uma disputa com ares de decisão pelo desempenho que apresentavam no Campeonato Brasileiro. Mas o encontro entre Palmeiras e Flamengo, nesta edição do Nacional, será diferente. Se antes os times duelavam pelas primeiras posições – o Alviverde era líder, mas o Rubro-negro acabou arrancando para o título depois de derrotar o rival por 2 a 0 - , hoje as equipes penam para se acertarem na competição e conseguirem um bom posto antes da parada para a Copa do Mundo.

No caso do Palmeiras, o time vive uma situação desconfortável. Sem técnico há duas semanas, desde a demissão de Antônio Carlos Zago, a equipe comandada pelo interino Jorge Parraga não balança as redes adversárias há duas partidas – passou em branco contra o São Paulo e o Grêmio Prudente. A falta de gols fez com que a equipe saísse da quarta posição para o sétimo lugar, com oito pontos.

Pelo lado do Rubro-negro acontece situação semelhante no que diz respeito ao desempenho do time no campeonato. Depois de vencer o Grêmio Prudente por 3 a 1 há três rodadas, o Flamengo caiu diante do Fluminense (2 a 1) e ficou no empate com o Grêmio. Sem poder contar com Adriano, negociado com o Roma, o time depende dos gols de Vagner Love e Petkovic. Os últimos resultados deixaram o atual campeão nacional na 12ª colocação, com somente seis pontos.

- O Flamengo vem forte porque tem dois bons laterais (Léo Moura e Juan). O Pet também PE um grande jogador e eles ainda têm o Vagner Love. Mas nós estamos preparados. Estamos com uma defesa sólida e acredito que temos tudo para fazermos um grande jogo – comentou Jorge Parraga.

Palmeiras completo, mas sem pistas

Pela primeira vez desde que assumiu o Palmeiras de forma interina, o técnico Jorge Parraga terá todo o elenco à disposição. No entanto, como de costume, o treinador não deu pistas de quem entrará em campo.

Diferentemente das partidas anteriores, Parraga terá Pierre, Edinho, Márcio Araújo e Marcos Assunção aptos para a disputa com o Flamengo. A contenção é uma das maiores dúvidas na escalação da equipe. O mais provável é que o treinador coloque Pierre e Marcos Assunção, com a possibilidade de ter Márcio Araújo mais próximos dos meias Cleiton Xavier e Lincoln. Na frente, Ewerthon comanda o ataque.

Ao contrário do Paulistão, quando tinha problemas com o sistema defensivo, o setor agora é festejado no elenco. Em cinco partidas, o Alviverde sofreu apenas três gols - dois do Grêmio e um do São Paulo. O ataque, porém, preocupa.

Há duas partidas o Palmeiras não faz um gol. A falha na pontaria tem prejudicado a equipe, que não conseguiu vencer o Grêmio Prudente, no último sábado, ou empatar com o São Paulo, há duas rodadas. Apesar do incômodo, Parraga acredita que os gols podem voltar contra o Rubro-negro nesta quarta.

- Estamos tendo dificuldade na parte ofensiva e não conseguimos marcar nos outros dois jogos. Mas estamos conseguindo criar situações. Temos de ter calma porque em alguns momentos a bola fica difícil de entrar. O importante é não se desesperar. Os gols vão acontecer naturalmente - disse o treinador.

Flamengo com problemas

Mesmo com o ânimo um tanto quanto revigorado pela chegada de Zico, que assumiu o cargo de diretor-executivo, o Flamengo segue tendo muitos problemas para armar o time. Por conta de tantos desfalques, Rogério Lourenço manteve o esquema tático com três zagueiros, promovendo a entrada do jovem Welinton no lugar de David, que está suspenso. Camacho. Na vaga de Camacho, que também recebeu o terceiro cartão amarelo no empate contra o Grêmio, no último sábado, o treinador colocou Michael.

Com isso, o apoiador formará o trio ofensivo ao lado de Petkovic, que deve voltar a usar a camisa 10, e Vagner Love, que será o único atacante no time titular. Vinícius Pacheco está fora por conta de dores no pescoço e Toró segue com dores no joelho direito. Sendo assim, Maldonado e Fernando formarão a dupla de volantes contra o Palmeiras.

- É o sexto jogo não consigo repetir a escalação, mas temos de superar isso. Todos os times têm problemas e temos passar por cima sem buscar desculpas – disse Rogério Lourenço, preocupado em somar pontos no Brasileiro antes da paralisação para a Copa do Mundo.

Na sequência de três jogos no Maracanã (Grêmio Prudente, Fluminense e Grêmio), o Flamengo conseguiu apenas quatro pontos. Por isso, ressaltou a necessidade de ir bem contra o Palmeiras e o Goiás, no próximo sábado, no Rio de Janeiro.

- É importante ir bem nesses dois jogos para termos boa pontuação na tabela e dar uma tranqüilidade maior em relação ao período de Copa do Mundo. Estamos sofrendo problemas de contusões, cartões, jogadores seleção... Estou buscando a melhor formação da equipe no curto tempo que eu tenho. O momento de superação de alguns jogadores – explicou o treinador.

veja também