MENU

Insatisfeito, Ganso come pato na casa do presidente para negociar

Insatisfeito, Ganso come pato na casa do presidente para negociar

Atualizado: Sábado, 22 Janeiro de 2011 as 10:26

Pato no Tucupi. Esse foi o prato oferecido pelo presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, ao meia Paulo Henrique Ganso em jantar na última segunda-feira. O encontro teve como tema principal a insatisfação do jogador com a negociação do seu plano de carreira no clube da Baixada Santista.

Assim como foi feito com Neymar à época da negativa de proposta milionária do inglês Chelsea, o Peixe prometeu algo semelhante a Ganso, com um aumento salarial considerável, capaz de mantê-lo no Brasil o maior tempo possível. O contrato do camisa 10 vai até fevereiro de 2015.

- Eu jantei com o Ganso na segunda-feira. Tenho uma cozinheira paraense, como ele, e ela tinha prometido um Pato no Tucupi. O Ganso gostou muito e tivemos uma conversa para acertar os pontos finais e ter a certeza de que ele pode ficar com a gente o maior tempo possível – declarou o presidente do Peixe.

Recentemente, Paulo Henrique Ganso deu uma coletiva no Santos e reclamou da demora do clube em acertar esse plano de carreira com ele. Atualmente, o salário do meia gira em torno de R$ 130 mil mensais. O de Neymar, no caso, foi para quase R$ 500 mil depois da proposta dos ingleses. Ele quer algo parecido.

- Eu espero que ele fique. E o único descontentamento que ouvi dele foi que o Pato no Tucupi demorou a ficar pronto. O nosso papo foi absolutamente amistoso. O único problema tem sido o desencontro de declarações – finalizou o mandatário.

A principal insatisfação de Ganso é que o clube, na primeira proposta, quis ficar com 30% dos seus direitos de imagem. E ele tem 100% atualmente.   Por: Leandro Canônico e Marcos Guerra

veja também