MENU

Inter bate o Galo no Beira-Rio e mantém vivo o sonho do título

Inter bate o Galo no Beira-Rio e mantém vivo o sonho do título

Atualizado: Segunda-feira, 11 Outubro de 2010 as 7:32

A cada rodada, o Internacional vem mostrando que segue mais forte na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. E neste domingo a história não foi diferente. Com um gol de Alecsandro, a equipe derrotou o Atlético-MG por 1 a 0 e foi aos 47 pontos, na quarta colocação. E ainda tem um jogo a menos que o Cruzeiro, líder com 54.

Por sua vez, o Galo caiu uma posição. Com 28 pontos, está em 18º lugar. O time ainda ampliou para 14 o número de jogos sem vitória diante dos colorados.

O próximo jogo do Inter será quarta-feira, contra o Santos, na Vila Belmiro, às 22h (de Brasília). Jogo que foi adiado da época em que o Inter disputava a final da Libertadores. Já o Atlético-MG tem um confronto direto com um adversário na briga contra o rebaixamento. Recebe o Avaí, domingo, às 16h, na Arena do Jacaré. Antes, o Galo recebe o Santa Fé, na quarta-feira, às 22h, também na Arena, pela Copa Sul-Americana.

Pressão colorada

O Internacional começou com todo o gás, atacando e exigindo muito do sistema defensivo do Atlético-MG. As principais jogadas do time gaúcho tiveram a participação de Marquinhos, Derley e Alecsandro, que perdeu chance clara, com o goleiro Renan Ribeiro já batido no lance.

Com o passar do tempo, o Galo colocou a bola no chão e os nervos no lugar e conseguiu diminuir um pouco o sufoco, mesmo sem ter criado uma jogada mais aguda que levasse perigo ao gol de Renan.

O volume de jogo do Colorado seguia maior, e o Galo tentava alguns lances com Obina e Daniel Carvalho, até que este sentiu uma contusão na mão esquerda e teve que ser substituído, complicando ainda mais as coisas para o time de Minas.

Mas a pressão do Inter era muita e, antes do final do primeiro tempo, Alecsandro abriu o placar. Aos 45 minutos, após bola cruzada na área, o atacante, de costas para o gol, desviou de cabeça para deixar o Colorado na frente.

Expulsão e sufoco do Galo

O Atlético-MG voltou com uma postura mais ofensiva para o segundo tempo. E chegou a levar perigo ao gol do Internacional, com Renan Oliveira e Ricardo Bueno. As avançadas do Galo, porém, abriram espaços na defesa, que o Colorado soube usar, criando contragolpes muito perigosos.

O meia Derley resolveu testar a pontaria e tentou dois chutes de fora da área. Em um deles, acertou a trave de Renan Ribeiro, num belo arremate de curva. Aos 23 minutos, Alecsandro foi expulso após fazer falta violenta sobre Alê. (Veja o lance no vídeo ao lado) . Com um a mais em campo, o Galo se empolgou e partiu pra cima do Inter, que ficou acuado e preso em seu campo de defesa. Mas, mesmo com o domínio territorial, o time mineiro não conseguia concluir a gol, tanto que, aos 32 minutos do segundo tempo, o placar das finalizações era 18 a 2 para o Inter.

A pressão atleticana seguiu até os minutos finais, mas faltou competência e um pouco de sorte para evitar a 17ª derrota no campeonato. O Inter comemorou muito a vitória, que deixa vivo o sonho do tetracampeonato brasileiro.

veja também