MENU

Inter tem nova decisão no Beira-Rio em ano de decepções em casa

Inter tem nova decisão no Beira-Rio em ano de decepções em casa

Atualizado: Quarta-feira, 30 Novembro de 2011 as 10:41

 Transformar o Beira-Rio quase em um ser vivo, animado, do tipo que se alia ao time vermelho e assusta quem veste outra cor, não foi fato tão comum assim em 2011. O estádio teve papel mais ativo em outras temporadas. O Inter chega ao fim do ano com uma última decisão no estádio onde soma algumas alegrias, mas também um bocado de decepções desde janeiro. Tem Gre-Nal no domingo, e ele vale vaga na Libertadores.

No Beira-Rio, o Inter ganhou a Recopa, recuperando, com vitória por 3 a 1 no segundo jogo, a derrota de 2 a 1 para o Independiente na partida de ida. Também foi no Gigante que os colorados garantiram o returno do Estadual. Mas nos pênaltis. No tempo normal, não passaram de empate por 1 a 1 com o Grêmio.

Mas também há boa dose de frustrações em casa. E a principal delas reside nas oitavas de final da Libertadores. Ainda nos primeiros dias da lua-de-mel com Falcão, o Inter levou 2 a 1 do Peñarol, após empate por 1 a 1 no Uruguai, e foi eliminado da principal competição do ano para o clube.

Manuel Oliveira comemora gol do Peñarol contra o Internacional no Beira-Rio (Foto: EFE) Até o Gauchão, conquistado pelo Inter, apresentou dificuldades. No primeiro turno, o time B foi eliminado em casa pelo Cruzeiro. Na decisão geral, o Grêmio venceu o primeiro duelo por 3 a 2, e o Colorado precisou devolver o placar no Olímpico para ser campeão.

No Brasileirão, ocorreram resultados decepcionantes em casa. O time vermelho perdeu 18 dos 51 pontos que disputou até agora no Beira-Rio. Aí estão inclusos resultados como a derrota de 1 a 0 para o Ceará, o empate por 3 a 3 com o Santos, com três gols sofridos nos últimos 15 minutos, a derrota de 2 a 1 para o Fluminense e o empate por 1 a 1 com o Corinthians, com um gol sofrido aos 48 minutos do segundo tempo.

- Sentimos que nesse Brasileiro, ao contrário de outros, em que ganhamos mais em casa, deixamos passar muitas chances, em jogos importantes. A gente lamenta – disse o meia D’Alessandro na semana passada. O técnico Dorival Júnior admite que as decepções aconteceram. Mas pede, mais uma vez, o apoio da torcida.

- É difícil explicar. Se eu tivesse essa receita, tentaria corrigir. Não foi uma ou duas vezes. Aconteceu em outras partidas. Nos fugiu do controle. Teoricamente, é uma vantagem pela torcida a favor, mas agora se resume a um clássico, com tudo muito diferente. Será um jogo mais do que difícil, e só com nosso torcedor acreditando poderemos alcançar nosso objetivo maior. Faremos de tudo. Se fugiu domingo, novamente atuando de maneira convincente, espero que neste domingo consigamos nosso objetivo, em busca dessa tão sonhada vaga – disse o treinador.

Para ir à Libertadores, o Inter precisa de resultados paralelos. Além da vitória sobre o Grêmio, conta ou com uma derrota do Flamengo para o Vasco, ou com no máximo um empate do Coritiba contra o Atlético-PR.        

veja também