MENU

Inter vive semana decisiva: estádio, negociações e Libertadores

Inter vive semana decisiva: estádio, negociações e Libertadores

Atualizado: Terça-feira, 13 Dezembro de 2011 as 11:09

Grande parte dos acontecimentos pós-Brasileirão do Inter resolveu se condensar nesta semana. Os próximos dias serão decisivos em diferentes esferas do clube: dentro de campo, com o encerramento de negociações e com a possível definição do adversário na pré-Libertadores, e fora dele, com a votação sobre a parceria com a empresa Andrade Gutierrez para as reformas do Beira-Rio.

Negociações

Eleições no Atlético-PR podem determinar se Inter

terá Manoel (Foto: Globoesporte.com) O dirigente do Inter mais ligado a contratações é Fernandão. Mas como ele é funcionário do clube (exerce o cargo de diretor técnico), recebeu uma semana de férias. Com isso, a aquisição de atletas deve ser freada. Não está marcada, por exemplo, a tão aguardada reunião com o São Paulo para a definição da chegada de Dagoberto em janeiro, não em abril.

Mesmo assim, alguns negócios podem avançar e até fechar, sob os cuidados de Luís Anápio Gomes, vice-presidente de futebol do Inter. O jogador mais próximo é o lateral-direito Douglas, do Goiás. Na quinta-feira, o clube colorado também fica atento às eleições no Atlético-PR.   O resultado interfere nas chances de o Inter contratar o zagueiro Manoel.

Enquanto isso, o presidente do clube, Giovanni Luigi, analisa as propostas que recebeu pelo zagueiro Juan. Até o final da semana, o jogador deve deixar o Inter.

Reformas no Beira-Rio

Conselho votará projeto de parceria para reforma do

Beira-Rio (Foto: Wesley Santos / Ag. Estado) Na quinta-feira, o Conselho Deliberativo do Inter votará a aprovação ou não do projeto de parceria com a construtora Andrade Gutierrez para as reformas no Beira-Rio. É uma decisão determinante para o futuro do clube. A tendência é de que os conselheiros avalizem a proposta, mas   a oposição certamente fará barulho.

É uma parceria com 20 anos de duração. A reforma está orçada em R$ 290 milhões, mas a Andrade Gutierrez decidiu bancar apenas 20% do valor. O restante virá de outras parceiras. A Fundação CEEE admite que foi convidada.

Fernando Carvalho, principal dirigente da história recente do Inter, diz que não participará da votação.   Ele é próximo a dois grupos com visões diferentes sobre o tema. Qualquer que fosse o voto dele, haveria desgaste político.

Adversário na Libertadores

Na quarta-feira, o clube gaúcho pode descobrir quem será seu adversário na pré-Libertadores. A informação virá da Colômbia, onde ocorre, na etapa semifinal, a Liga Postobón.   O adversário será ou o Once Caldas, ou o Millonarios.   O primeiro será o oponente colorado se não ganhar o torneio. O segundo só enfrentará o Inter se o time de Manizales for o vencedor.

O Once Caldas empatou o primeiro jogo com o Santa Fé, em casa, por 1 a 1. O Millonarios, em Bogotá, fez 3 a 0 no Junior Barranquilla.

O primeiro jogo da pré-Libertadores será em 25 de janeiro, no Beira-Rio. A decisão de vaga no Grupo 1 acontece em 1º de fevereiro, na Colômbia.          

veja também