MENU

Inter volta aos anos 70 e lança uniformes para o Mundial

Inter volta aos anos 70 e lança uniformes para o Mundial

Atualizado: Sexta-feira, 29 Outubro de 2010 as 8:37

O desenho da gola, os detalhes nas mangas, o estilo dos números. O Inter irá para o Mundial de Clubes inspirado nos anos 70. O clube lançou nesta quinta-feira, no Centro de Eventos do Beira-Rio, os uniformes que usará em Abu Dhabi. As roupas impressionam pela simplicidade: nada de firulas, nada de estrelas exageradas, nada de logotipos desnecessários. São camisas limpas, como eram nos anos 70. A primeira reação do público presente no evento foi de satisfação – em alguns torcedores, quase de emoção. Os uniformes realmente lembram os tempos de Figueroa e Falcão.

O goleiro Pato Abbondanzieri apresentou o principal uniforme de goleiro, todo preto. Rafael Sobis desfilou com a camisa branca – símbolo de sorte do clube depois do título mundial de 2006. A camiseta vermelha, a principal, foi vestida pelo argentino Guiñazu. Modelos apresentaram os outros uniformes de goleiro (um cinza e um laranja) e as versões femininas e infantil da linha.

A coleção será usada pelo Inter exclusivamente no Mundial. As camisetas trazem, na manga direita, um logotipo como homenagem à conquista da Libertadores de 2010. A marca será substituída por um símbolo da Fifa no Mundial.

Segundo a Reebok, empresa fornecedora do material esportivo do Inter, as roupas que o Colorado usará no Mundial são feitas quase artesanalmente. A produção de cada peça, de acordo com a empresa, dura três vezes mais do que o uniforme atual. Os produtos serão vendidos ao público a partir desta sexta-feira. As camisetas custam R$ 199,90.

Foi em clima árabe que o Inter lançou os uniformes. O Centro de Eventos do Beira-Rio foi decorado como se fosse um pedaço de Abu Dhabi. Os convidados foram recepcionados com comidas e até bebidas típicas dos Emirados Árabes.

Por: Alexandre Alliatti

veja também