MENU

Inter vota à noite modelo de obras para Beira-Rio na Copa

Inter vota à noite modelo de obras para Beira-Rio na Copa

Atualizado: Segunda-feira, 21 Março de 2011 as 1:13

O Conselho Deliberativo do Inter se reúne na noite desta segunda-feira para a votação que define como será o modelo de reformas do Beira-Rio para a Copa do Mundo de 2014. A tendência é de que, em um primeiro momento, seja aprovada a parceria com a empresa Andrade Gutierrez. Depois, os quase 350 conselheiros definirão se será aberto espaço para novas discussões, com a entrada de outras empresas interessadas.

Se não for totalmente fechado nesta segunda-feira o apoio à parceria com a Andrade Gutierrez, o Inter pedirá mais 30 dias à Fifa para abrir concorrência. Assim, a discussão seria estendida. O que certamente ficará definido esta noite é o fim da hipótese de reformas com recursos próprios, como pregava a antiga diretoria. A Fifa já havia pedido ao Inter garantias financeiras mais fortes. E a nova cúpula diretiva concordou. O presidente Giovanni Luigi diz que o clube não tem dinheiro para tocar as obras sem parceria.

Na votação, será decisiva a participação do grupo Convergência Colorada, que vem indicando apoio maior à ideia de parceria, mas que também pediu a abertura de outras hipóteses ou do afrouxamento das exigências da Andrade Gutierrez.

Pelo projeto de parceria com a empreiteira, o Inter, durante 20 anos, teria que ceder os lucros de 12% dos assentos de seu estádio, além de todo o valor arrecadado com novos projetos no entorno do Beira-Rio – um shopping e um edifício-garagem, especialmente. Após o período, o lucro seria todo do clube, que ainda receberia um centro de treinamentos da empresa.      

veja também