MENU

Jean aconselha os garotos: 'É preciso matar o leão e agarrar os filhotes'

Jean aconselha os garotos: 'É preciso matar o leão e agarrar os filhotes'

Atualizado: Sexta-feira, 24 Setembro de 2010 as 7:40

O São Paulo está vivendo uma nova realidade na temporada 2010. No clássico contra o Palmeiras, no último domingo, quatro atletas revelados nas categorias de base, no CT de Cotia, estiveram em campo: Jean, Zé Vitor, Casemiro e Lucas. Do quarteto, o primeiro é o mais velho, com 24 anos. O segundo tem 19, um a mais que os dois últimos.

E, com toda essa experiência de quem batalhou muito para chegar ao time profissional, Jean faz questão de sempre conversar com os recém-promovidos. E deixa claro: a chance uma hora vai aparecer. Por isso, é preciso sempre se dedicar ao máximos nos treinamentos.

- O mais difícil não é conseguir chegar até aqui, e sim se manter no profissional. O que eu fiz e está valendo muito é o que meu pai passou para mim: tem que matar um leão por treino e amarrar os filhotes. Falo para eles fazerem dessa forma. Precisam disputar cada jogo como se fosse o último – afirmou o camisa 2.

Jean surgiu na categoria de base do Tricolor em 2005. Só foi integrado ao time profissional três anos depois. Na mesma temporada, virou titular com o então técnico Muricy Ramalho e, ao final do Campeonato Brasileiro, brigou pelo posto de revelação da competição.

Volante de origem, o camisa 2 vinha atuando como lateral-direito, já que o clube não contava com nenhum especialista da posição. Ilsinho chegou, mas se machucou contra o Verdão. Mesmo assim, Sérgio Baresi manteve o jogador no meio-campo, com Rodrigo Souto indo para a lateral. Jean agradeceu.

- O meio-campo é a posição que conheço muito, onde trabalhei o tempo inteiro no profissional até o começo de 2009. Era o lugar onde eu me destacava mais. Oscilei muito quando joguei de ala e lateral. Agora, venho provando que conheço mais o meio – concluiu.

veja também