MENU

Jean considera perdas do Peixe que foi campeão, mas não se ilude

Jean considera perdas do Peixe que foi campeão, mas não se ilude

Atualizado: Sexta-feira, 15 Outubro de 2010 as 10:47

No primeiro semestre, o Santos abocanhou dois títulos: da Copa do Brasil e do Paulistão. Neste último, bateu o São Paulo nas semifinais e esbanjou qualidade em campo. Agora, o Peixe reencontra o Tricolor neste domingo, às 18h30m, no Morumbi, pelo Brasileiro, sem três jogadores que se destacaram anteriormente: Robinho e André, que deixaram o clube, e Ganso, machucado. A ausência do trio torna o time da Baixada mais fraco? Jean acha até que faz diferença sim, mas não se ilude nem espera moleza em campo por causa disso. Para ele, o Tricolor precisa ter atenção total contra o rival.

- Por uma questão de entrosamento o Santos do primeiro semestre era mais forte sim. Agora o time está se reencontrando, excelentes jogadores foram embora e o Ganso está lesionado. Mas se entrarmos nessa de que o adversário está mais fraco complica, no Brasileirão não tem disso, eles vêm com a mesma força ou até mais e, se relaxarmos, vamos ser surpreendidos e cair no nosso próprio erro - alertou o volante, que vem atuando como lateral-direito.

O retrospecto contra o Santos em 2010 também não é nada animador: foram quatro derrotas, três pelo Paulistão e uma pelo primeiro turno do Brasileiro. Os resultados incomodam sim, não esconde Jean, mas ele prefere deixar tudo no passado e tentar construir uma história vitoriosa neste domingo.

 - Por ser São Paulo e vestir essa camisa pensamos em vitórias, ainda mais em clássicos, não queremos perder. Acaba até incomodando um pouco, mas no jogo não tem pensamento de vingança, nem sobre o que fizeram com a gente. Isso não ganha jogo, o que ganha é trabalho. Isso fica na história, agora é um novo momento para os dois times - explicou.

Se vencer no domingo, o São Paulo pode atrapalhar os planos do Santos de tentar o título brasileiro. Mas isso não serve de motivação para Jean.

- Eu não estou aqui para pensar no que vai acontrecer com o Santos, tenho que pensar no São Paulo. São três pontos importantíssimos pra nós. Pensar que tenho que ganhar para atrapalhar o Santos é pensar pequeno demais. Tenho que me preocupar com o que o São Paulo pode alcançar - completou.

veja também