MENU

Jhonatan Longhi estreia nos Jogos de Inverno nessa terça

Jhonatan Longhi estreia nos Jogos de Inverno nessa terça

Atualizado: Terça-feira, 23 Fevereiro de 2010 as 12

Aos 22 anos, Jhonatan Longhi fará sua estreia nos Jogos de Inverno nesta terça-feira. Promessa do esqui alpino, o brasileiro disputará a prova de slalom gigante, a partir de 14h30 (de Brasília), na montanha de Whistler. Apesar da ansiedade da juventude, o paulista, que teve de aguardar mais dois dias para entrar na pista devido às más condições climáticas, está confiante em um bom resultado em Vancouver.

- Estou bastante ansioso, com muita vontade de que chegue logo a hora da minha prova. Treinamos o ano todo para uma prova que dura um minuto e tudo pode acontecer. Quero ficar entre os 30 mais bem colocados em uma das provas. Sei que é muito difícil, mas se eu esquiar como tenho feito durante os treinamentos, é possível lutar por esta colocação – garante Longhi, que também disputará a prova de slalom especial no sábado.

Primeiro brasileiro a registrar menos de 50 pontos em uma competição de esqui alpino, onde a menor pontuação significa tempos mais próximos dos primeiros colocados, Longhi está sendo preparado para conquistar uma medalha nos Jogos de Sochi-2014, assim como a representante feminina Maya Harrisson. A dupla substitui Mirella Arnhold e Nikolai Hentsch, atletas que disputaram Salt Lake City-2002 e Turim-2006, no time de esqui alpino brasileiro.

- A equipe foi totalmente reformulada em relação às duas últimas edições dos Jogos. Jhony e Maya são dois atletas muito jovens, de muito talento, que estão sendo trabalhados para atingir o ápice em Sochi - explica o presidente da Confederação Brasileira de Desportos na Neve, Stefano Arnhold. 

Conheça a prova do esqui alpino:

Nas provas de esqui alpino, os atletas competem contra o relógio. O objetivo é vencer todo o percurso, passando por todas as portas (passagens obrigatórias, delimitadas por bandeiras) no menor tempo possível. O competidor que perde uma porta é desclassificado. As provas de slalom gigante e slalom, as que os brasileiros participam em Vancouver, são as mais técnicas do programa. Os percursos apresentam mais portas em um espaço mais curto, obrigando o atleta a realizar mais curvas ao longo da pista.

veja também