MENU

Joachim Löw bota fé em Klose: Sempre que precisamos, ele está lá

Joachim Löw bota fé em Klose: Sempre que precisamos, ele está lá

Atualizado: Quarta-feira, 7 Julho de 2010 as 9:45

Na busca pelo recorde de maior número de gols em Copas do Mundo, o atacante alemão Miroslav Klose recebeu o reconhecimento do técnico Joachim Löw. Segundo o treinador, o jogador do Bayern é esforçado e, por isso, colhe os frutos pela sua dedicação. Com 14 gols, Klose está a um de igualar a marca de Ronaldo.

Desde 2002 (na Copa do Japão e da Coreia do Sul) ele teve boas performances e contra a Rússia, pelas eliminatórias, ele fez um gol decisivo. Sempre que precisamos, ele está lá. É fantástico de várias maneiras. Antes do Mundial, ele sabia que estava abaixo (fisicamente e tecnicamente) dos outros jogadores e treinou forte para ficar no mesmo nível. Ele tem um ímpeto impressionante e não me surpreende ele ter feitos tantos gols – disse Löw, referindo-se aos quatro tentos anotados pelo camisa 11 na África do Sul.

Sobre o duelo contra a Espanha, nesta quarta-feira, pelas semifinais da Copa, em Durban, Joachim Löw rejeitou ajuda do compatriota e colega de profissão, Ottmar Hitzfeld. O treinador comandou a Suíça no Mundial, única seleção a bater a Fúria no torneio (1 a 0, na estreia).

- Não precisamos de muitas dicas, temos ótimos observadores que estudam o adversário e nos trazem ótimas informações. Além disso, não esperamos surpresas da Espanha, sabemos como eles jogam.

O técnico também minimizou as declarações do lateral-direito Philipp Lahm que, em entrevista ao jornal “Bild”, afirmou que não pretende devolver a braçadeira de capitão a Michael Ballack após a Copa do Mundo.

- Não nos incomoda nada. Ele é muito honesto e ele mostra seu senso de responsabilidade ao querer continuar sendo o capitão. Conversamos e Lahm sabe que é o técnico quem vai decidir isso. Mas nós temos liberdade de expressão e ele é livre para dizer o que quiser - salientou.

veja também