MENU

Jobson não aparece, e reunião com o Botafogo é adiada mais uma vez

Jobson não aparece, e reunião com o Botafogo é adiada mais uma vez

Atualizado: Terça-feira, 20 Setembro de 2011 as 4:08

Jobson volta ao Pará para resolver problemas

pessoais (Foto: NIldo Monteiro/Globoesporte.com)

  Estava prevista para o início da tarde desta terça-feira mais uma reunião entre o atacante Jobson, seu empresário Antenor Joaquim e o gerente de futebol do Botafogo, Anderson Barros. Mas o xodó da torcida alvinegra não compareceu. Após vir de São Paulo para buscar o atleta, Antenor recebeu a notícia, ainda nesta manhã, de que Jobson havia ido para sua cidade natal, Conceição do Araguaia, no Pará, alegando motivos particulares.

Por volta das 12h30m, Antenor, sozinho, chegou a General Severiano para se reunir com o dirigente alvinegro. Lá, deu a notícia da ausência de Jobson e ouviu de Anderson Barros que sem o jogador não haveria muita conversa. Ao longo do pouco tempo de encontro, Jobson chegou a falar com o dirigente alvinegro, por telefone, para dar suas explicações e tirar algumas dúvidas que ainda tinha quanto à punição na Corte Arbitral do Esporte (CAS).

Ao sair de sua sala, Anderson Barros encontrou a reportagem do GLOBOESPORTE.COM e confirmou o ocorrido.

- A reunião com Jobson ficou para a semana que vem. Sem ele não tem o que conversar. O Botafogo quer tratar o caso diretamente com o atleta – afirmou o dirigente.

Em um shopping próximo do clube, Antenor Joaquim também confirmou o episódio e aproveitou para deixar clara sua posição sobre a intenção do Glorioso em exigir que Jobson seja internado, caso queira voltar a defender a camisa alvinegra.

- Eu não sou contra o Jobson ser internado, pelo contrário, só acho que isso depende do próprio jogador. Nem eu, nem do Botafogo, temos como impor isso a ele. Só depende dele próprio – frisou.          

veja também