MENU

Joel repreende 'cutucada' de Marcos e prega respeito ao Corinthians

Joel repreende 'cutucada' de Marcos e prega respeito ao Corinthians

Atualizado: Sexta-feira, 23 Setembro de 2011 as 4:44

Joel prega respeito para enfrentar o Corinthians (Foto:

Eric Luis Carvalho/Globoesporte.com)

  Após o treino desta sexta-feira no CT do Fazendão, o técnico do Bahia, Joel Santana, chegou com semblante sério à sala de imprensa. O motivo da cara fechada foi uma declaração dada na quinta pelo lateral Marcos e publicada no GLOBOESPORTE.COM.

O lateral disse que já é tradição o Bahia vencer o Corinthians em São Paulo , referindo-se aos dois últimos jogos entre tricolores e alvinegros na capital paulista. Para Joel, a cutucada de Marcos poderia soar como provocação desnecessária. Antes de responder a qualquer pergunta, o treinador tratou de desfazer o “mal entendido”.

- Antes de qualquer coisa, eu queria dizer aqui que a gente não fala do adversário. Conhecemos bem o Corinthians. Sabemos que é um adversário de porte. Vamos enfrentar uma equipe que vai disputar o título do campeonato, então temos que cuidar da nossa casa e esquecer a do vizinho. Teve jogador meu falando sobre o adversário e isso dá uma série de problemas. Já temos problemas demais. Temos quatro jogadores que não vão jogar. Querem mais? – disse Joel com cara de poucos amigos.

Mas a cara de mau não durou muito tempo. Recado dado, e o velho Joel já estava de volta. Sorriso no rosto, juras de amor à prancheta e muito, mas muito respeito ao Corinthians. Para o técnico, o Bahia precisa evitar passar qualquer tipo de motivação para o adversário. Conhecedor da grandeza do Corinthians, Joel fez um alerta:

- Não se mexe no Leão quando ele está ferido. Quando um time desse porte está ferido, a gente não mexe. Time de massa, como Corinthians, Atlético-MG ou como a gente não dá pra mexer. Nessas situações, os times deste porte se comportam de um jeito diferente – alertou.

Depois de anunciar que vai levar 19 jogadores para São Paulo, o treinador lamentou as ausências que terá contra o Corinthians.

- É um momento difícil. Já não teria os jogadores que pertencem ao Corinthians, e ainda perdi o Jones, que foi punido porque sofreu um pênalti. Então fiz uma série de situações no treino. Temos que ir para São Paulo sabendo que temos uma equipe difícil para enfrentar. Temos que errar o mínimo possível. Eu vou deixar para fazer algumas escolhas lá em São Paulo. Estou na dúvida para escolher o jogador que vai entrar mais encostado na frente. Pode ser o Camacho ou o Ricardo (Ricardinho).

Mesmo com dúvidas e problemas, Joel procurou manter o otimismo.

- Apesar dos problemas, não podemos ter desespero, temos é que ter paciência para resolver. Temos que procurar motivos positivos. Hoje em dia, precisamos é de ajuda, seja física ou psicológica. Temos que ter muito equilíbrio pessoal e personalidade. Acima de tudo, personalidade. Não vamos sair daqui pensando em nos defender. Vamos jogar – disse.

veja também