MENU

Jogadores chilenos são recebidos como heróis em Santiago

Jogadores chilenos são recebidos como heróis em Santiago

Atualizado: Sexta-feira, 2 Julho de 2010 as 8:10

Os jogadores da seleção chilena foram ovacionados como heróis pelos torcedores na chegada a Santiago, onde foram recebidos no Palácio de La Moneda pelo presidente do país, Sebastián Piñera, nesta quinta-feira. Cerca de 2 mil pessoas se aglomeraram na praça em frente ao palácio presidencial para esperar o ônibus que trazia o time do aeroporto. Os chilenos foram eliminados pela seleção brasileira nas oitavas de final da Copa do Mundo com uma derrota de 3 a 0 na segunda-feira.

Claudio Bravo, Esteban Paredes, Ismael Fuentes (2), Humberto Suazo (9) e Luis Marín cumprimentam torcedores chilenos em frente ao Palácio de La Moneda (Foto: EFE)  

O delírio tomou conta do público quando os jogadores e a comissão técnica, liderada pelo argentino Marcelo Bielsa, cruzaram a praça por um tapete vermelho para entrar na sede do Governo chileno, onde eram esperados por Piñera. Dentro do palácio, o presidente cumprimentou todos os integrantes da equipe, mas tal como havia ocorrido na ida dos jogadores à África do Sul, a saudação entre Piñera e Bielsa se resumiu a um frio aperto de mãos.

Na cerimônia, o presidente chileno entregou aos jogadores e à comissão técnica as primeiras medalhas do bicentenário do país, instituídas por ocasião dos 200 anos da independência do Chile e destinadas a personalidades relevantes. Em seguida, os jogadores cumprimentaram o público pelas sacadas do palácio, junto a Piñera, que segurava uma bandeira chilena.

- O que nossa seleção conseguiu não é fruto do acaso, mas se deve sobretudo ao esforço, ao trabalho, à disciplina, à dedicação e ao amor pela Roja (vermelha, cor da camisa da seleção) que demonstraram durante tantos anos quando se preparavam para o Mundial - declarou Piñera em entrevista coletiva.   Por Das agências de notícias Santiago, Chile

veja também