MENU

Jogadores da Raposa sabem que jogo contra o Estudiantes será uma guerra

Jogadores da Raposa sabem que jogo contra o Estudiantes será uma guerra

Atualizado: Sexta-feira, 8 Abril de 2011 as 10:23

Os jogadores do Cruzeiro têm uma certeza sobre o confronto contra o Estudiantes-ARG, na próxima quarta-feira, em La Plata: será uma verdadeira guerra.

Por conta dos últimos resultados entre as duas equipes, os cruzeirenses não têm dúvidas de que o duelo se tornou mais do que uma simples partida.

- Acho que depois da final aumentou esta rivalidade. Todos torcedores do Cruzeiro cobram contra eles uma vitória. Há rivalidade sim por termos perdido o título para eles, e agora por termos vencido por um placar elástico. Isso vai criando ainda mais rivalidade – declarou o volante Henrique, autor do gol da final da Libertadores de 2009, diante do time de Verón.

O atacante Thiago Ribeiro acredita que a partida será uma batalha no Estádio Ciudad de La Plata.

- Sem dúvida nenhuma vai ser uma guerra! É Brasil e Argentina. É aquela rivalidade de sempre entre os países e os times. Por termos vencido por 5 a 0, eles vão querer vencer a qualquer custo para devolver a derrota sofrida aqui – declarou.

Roger também compartilha da mesma opinião, mas sabe os cuidados que a Raposa deverá tomar.

- Eles vão querer dar o troco. Vamos preparados para uma guerra. Temos que jogar nosso futebol. Não podemos entrar no jogo deles. Temos que usar nosso toque de bola, envolvimento, movimentação. O forte deles é a catimba, além de terem muita qualidade. O torcedor deles vai aparecer, mas temos tudo para conseguir a vitória – concluiu.

Com 13 pontos, o Cruzeiro pode até perder por uma diferença de sete gols que terminará na liderança do Grupo 7. Uma vitória brasileira na Argentina poderá dar à Raposa a liderança geral da primeira fase, o que garante ao time de Cuca vantagem nas fases de mata-mata da competição.        

veja também