MENU

Jogadores do Schalke 04 aderem a protesto da torcida contra o treinador

Jogadores do Schalke 04 aderem a protesto da torcida contra o treinador

Atualizado: Segunda-feira, 23 Agosto de 2010 as 11:08

Um gesto de parte dos atletas do Schalke 04 ao fim do jogo contra o Hamburgo, sábado, pelo Campeonato Alemão (derrota por 2 a 1) evidenciou o clima ruim vivido entre o grupo e o treinador da equipe, Felix Magath. Liderados pelo goleiro Neuer, da seleção alemã, alguns jogadores vestiram camisas de protesto contra o próprio técnico.   As camisas foram confeccionadas por uma organizada do Schalke. Em entrevista antes do jogo, Magath dizia ser vaiado apenas por um "grupo pequeno" de torcedores. Em resposta, a organizada mandou fazer 3 mil camisas com a inscrição "grupo pequeno" e, em vez de usar a tradicional camisa azul real para apoiar o time na última partida, foi ao estádio do Hamburgo com a roupa de protesto.

O goleiro Neuer, que foi integrante da organizada quando era adolescente, recebeu algumas das camisas e distribuiu entre os colegas. Desafetos do treinador, como o meia Rakitic e o volante Moritz, vestiram as peças ainda no gramado e foram saudar os torcedores.

Logo depois de deixar o Schalke, no começo do mês, o lateral Rafinha, agora do Genoa, rotulou Felix Magath como um "ditador" e disse que se sentia um militar quando jogava sob seu comando no Schalke.

veja também