MENU

Jogadores que simularam tiro após gols são multados em R$ 6,4 mil

Jogadores que simularam tiro após gols são multados em R$ 6,4 mil

Atualizado: Sexta-feira, 21 Outubro de 2011 as 1:05

Fabián com Medina no momento da comemoração

(Foto: Reprodução You Tube)

  Dois jogadores do Chivas Guadalajara foram punidos por terem simulado um assassinato na comemoração de um gol no duelo contra o Estudiante Tecos, pelo Campeonato Mexicano. O clube multou Marco Fabián e Alberto Medina com a quantia de € 2,6 mil (R$ 6,4 mil) por causa da celebração. Fabián, o "autor do disparo", também terá que participar de campanhas que promovam a paz no México.

- Estou muito arrependido pelo que passou. Quando vi o vídeo, senti uma grande raiva por ter brincado com uma coisa tão preciosa como a vida - lamentou Fabián.   Violência no México tem caso marcante

O paraguaio Salvador Cabañas já sofreu com a violência no país, levando um tiro na cabeça em janeiro de 2010. O jogador, que defendia o América do México, luta para retomar a carreira após uma recuperação que surpreendeu o mundo. A bala continua alojada na cabeça do atacante.        

veja também