MENU

Julio Baptista conta com reserva de Kaká para não perder espaço para Ronaldinho

Julio Baptista conta com reserva de Kaká para não perder espaço para Ronaldinho

Atualizado: Quarta-feira, 3 Fevereiro de 2010 as 12

Em bom momento na Itália, Ronaldinho Gaúcho virou uma ameaça aos jogadores constantemente convocados por Dunga. Se o craque do Milan voltar à seleção, quem sairá? Julio Baptista conta com Kaká para não perder o seu lugar no grupo que vai à Copa do Mundo: o meia-atacante do Roma acredita que briga para ser reserva do camisa 8 do Milan, enquanto o ex-gremista disputaria outra posição.

- Não sei se o Ronaldinho seria concorrente na minha posição, pois venho sendo reserva do Kaká. Os dois costumavam jogar juntos - disse Julio, por telefone.

Ele tem razão. Na era Dunga, Ronaldinho nunca entrou no lugar de Kaká. O contrário só aconteceu uma vez: em 7 de outubro de 2006, o ex-gremista foi titular e saiu para a entrada do craque do Real Madrid na vitória de 4 a 0 sobre o Kuwait.

O camisa 80 do Milan não joga com a amarelinha desde 1º de abril do ano passado, quando entrou no segundo tempo no lugar de Elano e passou a formar o meio-campo com Kaká. A seleção venceu por 3 a 0, no Beira-Rio, pelas eliminatórias.

Presente em boa parte das eliminatórias e nos títulos da Copa América (2007) e Copa das Confederações (2009), Julio Baptista sabe que tem boas chances de ir à África do Sul, mas não se sente dentro do Mundial ainda.

- Sempre que eu fui chamado dei minha contribuição para a seleção. Estou tranquilo, sei que tenho que estar bem para ir. Ir para a Copa não depende de mim, é uma opção do Dunga. Vou procurar estar bem, fazer meu trabalho e me esforçar o máximo para estar lá, pois é o meu sonho – afirmou.

Nesta temporada, Julio Baptista tem sido pouco utilizado pelo técnico Claudio Ranieri no Roma. Por causa de uma lesão, acabou ficando fora do time no início do trabalho do treinador e perdeu espaço. Em 21 rodadas do Campeonato Italiano, disputou 21 partidas e não fez gol.

Em janeiro, quase trocou o Roma pelo Inter de Milão, mas o negócio não saiu. Nos últimos anos, Julio tem se acostumado a ver seu nome no noticiário quando o mercado de transferências está aberto.

- O Inter estava interessado, pois queria um jogador com as minhas características. Mas conversou com o Roma e não chegaram a um acordo. Tudo depende do que você faz em campo. Se você mantém um bom nível, as pessoas sabem o que você poderá dar pelo time delas. O mais importante é procurar manter o bom nível, para que falem de você, te respeitem – concluiu.

Por: Thiago Dias

veja também