MENU

Julio Cesar encabeça a lista dos mais desgastados da seleção

Julio Cesar encabeça a lista dos mais desgastados da seleção

Atualizado: Sexta-feira, 4 Junho de 2010 as 8:36

O desgaste físico dos jogadores da seleção brasileira preocupa a comissão técnica. Com dores musculares, Juan foi poupado do amistoso contra o Zimbábue. Kaká, que se recuperou de um edema muscular, jogou apenas 45 minutos. E o goleiro Julio Cesar, que é o atleta que mais entrou em campo nesta temporada entre os 23 convocados, está em tratamento por causa de uma pancada no tórax.

Os três jogadores que jogam pelo Inter de Milão merecem uma atenção especial na seleção. Campeões da Liga dos Campeões, eles tiveram uma temporada bastante puxada. O goleiro Julio Cesar fez 54 jogos com o clube italiano; Maicon disputou 52 e o zagueiro Lúcio, 48. Apenas o lateral-esquerdo Michel Bastos está próximo da turma, com 51 jogos pelo Lyon.

É preciso dosar os treinamentos. Às vezes, o melhor treinamento é a recuperação. A gente tem uma comissão técnica muito experiente, com muita qualidade. No caso do Kaká ele precisa readquirir a forma de jogar. Com os três jogadores do Inter de Milão, que foram até a final da temporada, é preciso dosar para que na Copa eles estejam no melhor de suas condições - disse Dunga. Após ter um problema com a diretoria do Roma, o goleiro Doni foi quem menos jogou na temporada passada. Ele só entrou em campo nove vezes. Em vários momentos nem chegou a ficar no banco de reservas. Já o zagueiro Juan acumulou 30 jogos pelo clube italiano.

- Quanto ao Juan é preciso ter o equilíbrio. Dar uma segurada. Quando a gente sente que um jogador está com um desgaste maior, nós damos uma segurada para ele voltar a treinar mais lá na frente - disse Dunga.

Com a estreia na Copa do Mundo cada vez mais próxima, a comissão técnica vai diminuir aos poucos o ritmo de treino. Tudo para que os jogadores cheguem voando bem fisicamente no dia 15 de junho para enfrentar a Coreia do Norte, no estádio Ellis Park, em Joanesburgo.

- A tendência quando vai chegando perto do jogo é diminuir o trabalho e imprimir mais velocidade. Nós vínhamos com um trabalho de quantidade, mas a partir de agora vamos ter mais intensidade e diminuir o tempo de trabalho. Temos de chegar bem na estreia. Copa do Mundo, mesmo os países que não são tradicionais, os caras são qualificados. Fizemos desde Curitiba esse planejamento para os jogadores descansarem.

O auxiliar Jorginho lembrou que no grupo da seleção brasileira há jogadores com diferentes níveis de desgaste físico. Por isso, o tratamento precisa ser individualizado.

- Essa comissão técnica já ganhou muitos títulos. Temos um grupo heterogêneo que vive situações diferentes. Temos jogadores em meio de temporada, jogadores que estão no final e atletas que atuaram até a decisão da Liga dos Campeões. Temos que trabalhar de forma individualizada para que todos cheguem bem preparados até o dia 15.

Na próxima segunda-feira, a seleção brasileira faz o último amistoso preparatório para a Copa do Mundo. A equipe de Dunga enfrenta a Tanzânia às 12h de Brasília (17h pelo horário local). O amistoso terá transmissão da TV Globo, SporTV e Globoesporte.com.

veja também