MENU

Julio Grondona afirma: 'Não jogamos Diego Maradona fora'

Julio Grondona afirma: 'Não jogamos Diego Maradona fora'

Atualizado: Quarta-feira, 28 Julho de 2010 as 8:04

 presidente da Associação do Futebol da Argentina (AFA), Julio Grondona, disse que a entidade dispensou Diego Maradona e disse estar "doído" por não ter chegado a um acordo com o craque para que continuasse à frente da seleção nacional. - Quero esclarecer que não jogamos Diego Maradona fora, como estão dizendo alguns veículos de imprensa. Não vamos renovar o contrato porque não existem as condições para isso -explicou o dirigente aos jornalistas que o aguardavam na porta da sede da AFA.

Insatisfeita com a decisão, torcida picha os muros da Federação Argentina (Foto: AP)  

Grondona disse que Maradona não aceitou trocar alguns de seus colaboradores, como lhe pediram os dirigentes da AFA, e sustentou que "há tempo" para escolher o próximo técnico.

Outra pichação na AFA contra a demissão de

Maradona (Foto: AP)   - Enquanto isso, (Sergio) Batista ocupará o cargo - disse o dirigente, em referência ao treinador das divisões da base da seleção argentina.

Grondona destacou que Maradona "amavelmente" aceitou montar a lista de convocação para o amistoso entre Argentina e Irlanda, em Dublin, no próximo dia 11, e reiterou que não tem como estar contente com a saída do técnico.

- Como não vou ficar doído se estou ligado a Maradona desde 1979? - disse o dirigente.     Por Das agências de notícias Buenos Aires, Argentina

veja também