MENU

Juvenal dá de ombros para oposição são-paulina e vê reeleição como justa

Juvenal dá de ombros para oposição são-paulina e vê reeleição como justa

Atualizado: Segunda-feira, 14 Fevereiro de 2011 as 2:59

No comando do São Paulo desde 2006, Juvenal Juvêncio acredita que tem gás para dirigir o clube por mais tempo. Apesar de não confirmar sua candidatura ao cargo para as eleições, marcada para abril, ele debochou da oposição tricolor e disse considerar justa sua reeleição ao posto.

- Acho justíssimo. O São Paulo precisa de competência como está tendo. Não sou candidato ainda, não sei se serei. Se for, é justo - disse o mandatário, durante evento para receber a Taça das Bolinhas, oferecida pela Caixa Econômica Federal pelas cinco conquistas alternadas do Brasileiro (1977, 1986, 1991, 2006 e 2007).

Juvenal também deu de ombros para os protestos da oposição tricolor, sobre a possibilidade de ser novamente candidato à presidência. Comenta-se nos bastidores do Morumbi que o grupo pode entrar na Justiça para tentar impedir sua reeleição pelo clube.

- A oposição nem existe... Mas podem entrar, é democrático. Estão falando que entraram na Justiça por causa dessa Taça (das Bolinhas). Vivemos um regime democrático.

O mandatário também procurou negar que seu empenho em ter a Taça das Bolinhas no Morumbi tenha a ver com um ato político para seguir no clube.

- Não tem nada a ver com reeleição. Isso aqui é um fato histórico, que está há 20 anos em discussão. É um troféu que nos pertence e estamos levando para a nossa casa.      

veja também