MENU

Kai Otton vence Raoni em casa

Kai Otton vence Raoni em casa

Atualizado: Segunda-feira, 30 Maio de 2011 as 4:09

  Depois de um domingo tenebroso Raoni Monteiro foi para sua primeira final de um evento internacional em casa, nessa segunda-feira, com ondas de até 8 pés e complicadas pelo vento. O Coca-Cola apresnta Oakley Saquarema Prime foi um desafio para os atletas em busca de se manter ou entrar para a elite do WT [World Tour]. Raoni bateu na trave.

O combativo Kai teve muito o que comemorar. Tudo parecia conspirar a favor de Raoni... até a final. Crédito da imagem: EdiMilk Distribuindo 250 mil dólares aos participantes e 6.500 pontos para o primeiro colocado a praia de Itaúna, Saquarema, viu uma batalha bem equilibrada entre brasileiros e australianos desde as quartas de final. A nota dessa fase foi o sufoco que Medina passou durante uma tentativa do jetski de atingir o outside entre duas séries cavernosas. Por pouco não rolou um acidente mais grave. O Jet foi para a UTI. RESULTADOS DAS QUARTAS DE FINAL:

Gabriel Medina 12.10 X Yadin Nicol 15.63 Raoni Monteiro 14.04 X Lincoln Taylor 12.10

Willian Cardoso 10.53 X Adam Robertson 9.50

Jesse Mendes 11.40 X Kai Otton 13.60

Raoni venceu a semi nos sgundos finais, na final, não deu.| Crédito da imagem: Pedro Monteiro / ADDING Kai soube lidar com as complicadas ondas de Itaúna. | Crédito da imagem: Pedro Monteiro / ADDING Na 1ª semifinal Raoni virou a bateria nos segundos finais, como sempre, quase matando a praia toda de susto. Yadin Nicol ficou com a terceira colocação, assim como Willian Cardoso que, na 2ª semi, depois de uma ótima campanha em Saquarema, não encontrou ondas para superar o técnico Kai Otton. Na grande final Raoni e Kai Otton ficaram trocando notas e suas posições. Mesmo abrindo com 7.33, nos últimos 10 minutos da disputa Raoni precisava de 8.11. A praia estava em silêncio. Kai pega mais uma. E outra. Mesmo quando não impressiona pelas manobras ganha bônus por sua segurança. O cara não cai. Faltando 2 minutos Raoni tem sua chance. A onda se ergue linda para o “Monstrinho da Barrinha”. Raoni manda um rasgadão, mas a onda engorda e ele não pode fazer nada mais expressivo. Chega a areia para ser recebido pela galera. Vai para o pódio. A nota sai e, lá longe do palanque, erguido por seus dois compatriotas, está Kai Otton, o vencedor dessa final em Saquarema. [15.43 X 14.93]. Foi por pouco.

A festa de Kai Otton na casa do Raoni. Saquarema. Crédito da imagem: EdiMilk

veja também