MENU

Kaká deseja sorte a corintianos e aprova Ronaldo na seleção

Kaká deseja sorte a corintianos e aprova Ronaldo na seleção

Atualizado: Segunda-feira, 21 Dezembro de 2009 as 12

Ex-companheiro de seleção brasileira do lateral esquerdo Roberto Carlos e do atacante Ronaldo, o meio-campista Kaká, uma das principais estrelas do Real Madrid, deixou de lado suas raízes são-paulinas e desejou sorte à dupla, agora unida no Corinthians, para a temporada 2010.

''Eles deixaram saudades aqui. O Ronaldo, por onde passou, é sempre tratado com carinho, e o Roberto Carlos, por tudo o que representou aqui, é muito querido. Espero que os dois tenham muito sucesso aí'', avisou, em entrevista para a Rádio Jovem Pan.

Nome certo na lista do técnico Dunga para tentar a conquista do hexa na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, Kaká foi questionado sobre uma declaração recente de Luis Fabiano, que colocou o camisa 9 do Timão como candidato a uma vaga no grupo verde e amarelo. E aprovou um possível retorno do Fenômeno.

''O Ronaldo é um jogador indiscutível. Ele disse recentemente que não se encontra em condições de voltar para a seleção, mas se estiver bem, em forma e com motivação, tem que continuar jogando e defendendo a seleção. Ele seria muito bem-vindo'', avisou.

Aposta com CR9: Ao falar sobre a próxima Copa do Mundo, Kaká também foi questionado sobre como foi a conversa com o português Cristiano Ronaldo, companheiro de Real Madrid, mas adversário da seleção canarinho na África do Sul. E garantiu não temer o aumento da rivalidade.

''Logo depois do sorteio da Copa os jogadores foram ao (Santiago) Bernabéu para falar sobre os confrontos. Estava todo mundo meio agitado, mas, a princípio, está tudo bem. A preocupação é normal, mas sem qualquer tipo de rivalidade, pelo menos por enquanto'', comentou.

O jogador não descartou, no entanto, fazer uma aposta com CR9 quando a partida entre Brasil e Portugal, última do Grupo G, estiver perto de se realizar. ''Vamos ver quando chegar mais perto, mas, se houver, será sempre tudo na amizade'', concluiu.

veja também