MENU

Kleber não treina em campo, mas deve jogar ao lado de Maikon Leite

Kleber não treina em campo, mas deve jogar ao lado de Maikon Leite

Atualizado: Terça-feira, 28 Junho de 2011 as 4:42

A ausência do atacante Kleber do gramado do CT do Palmeiras na tarde desta terça-feira deixou o torcedor alviverde com a pulga atrás da orelha. Pretendido pelo Flamengo, o Gladiador, que já fez seis jogos pelo clube paulista neste Campeonato Brasileiro, inviabilizaria uma eventual troca de equipe – dentro do torneio nacional –caso atuasse em mais uma partida da competição. E Kleber ficou fora justamente do treino em que o técnico Luiz Felipe Scolari usou para definir o time que enfrentará o Atlético-GO nesta quinta-feira, em duelo marcado para as 19h30m no Canindé.

Segundo informações da assessoria de imprensa do Palmeiras, Kleber está no CT e só não foi a campo pois ficou na academia de musculação fazendo reforço.

Sem ele, Felipão escalou a equipe com Deola; Paulo Henrique, Maurício Ramos, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção e Lincoln; Maikon Leite, Luan e Dinei. Porém, a escalação para o jogo não está confirmada. O Gladiador deve ficar à disposição, entrando no lugar de Dinei, e Cicinho, também em recuperação, na vaga de Paulo Henrique. O lateral correu em volta do campo nesta terça, depois de ser substituído ainda no primeiro tempo da derrota para o Ceará (2 a 0 no domingo) por sentir dormência no pé direito. Já Marcos, como é de costume quando ocorrem jogos no meio da semana, não treina em campo e fica na musculação.

A principal novidade será a estreia de Maikon Leite. Apresentado na última sexta-feira, dois dias depois de ser campeão da Taça Libertadores da América com o Santos, o atacante já está com a documentação regularizada e pronto para jogar. Na defesa, Maurício Ramos fica com a vaga de Leandro Amaro. Na lateral esquerda, mesmo tendo de se apresentar à Seleção Brasileira Sub-20 na semana que vem, Gabriel Silva deve ficar com a vaga de Rivaldo. O garoto voltou a treinar com o grupo nesta terça, após passar duas semanas recuperando-se de lesão na coxa esquerda.

Na segunda parte do trabalho, Felipão mudou o time outra vez. Cicinho entrou na vaga de Paulo Henrique, e Marcos Assunção e Lincoln deixaram a atividade para treinar cobranças de faltas. Pierre e Adriano entraram no coletivo. A defesa foi mantida e é o setor que mais preocupa o treinador, após os constantes gols sofridos de bola aérea.        

veja também