MENU

Kobayashi marca melhor tempo no fim e termina 2º dia na frente

Kobayashi marca melhor tempo no fim e termina 2º dia na frente

Atualizado: Quinta-feira, 11 Fevereiro de 2010 as 12

No último minuto do dia, o japonês Kamui Kobayashi garantiu o melhor tempo dos testes coletivos da Fórmula 1 em Jerez. Em dia marcado por atuações discretas de Fernando Alonso e Michael Schumacher, o piloto da BMW/Sauber roubou a cena ao anotar 1min19s950, melhor tempo da semana até o momento.

A tomada de tempo de Kobayashi repete os bons resultados obtidos pela Sauber em Valência, na semana passada. O japonês completou a volta após o anúncio do fim da sessão, e colocou fim às expectativas de Sébastien Buemi de terminar o dia como o mais rápido.

O suíço da Toro Rosso anotou 1min20s026 e ficou à frente de Jenson Button (1min20s618, com a McLaren), Hulkenberg (1min20s629, com a Williams) e Vitantonio Liuzzi (1min20s754, com a Force India).

A pista seca do segundo dia de testes de Jerez, na Espanha, não parece ter ajudado muito Mercedes e Ferrari. Apesar de terem completado cerca de cem voltas no dia, Michael Schumacher e Fernando Alonso ficaram fora da lista dos cinco melhores. Os favoritos, no entanto, passaram grande parte dos testes em Jerez correndo com o tanque cheio.

A grande surpresa, já que Buemi havia sido o segundo na quarta, foi o desempenho da Force India. Com uma sequência forte na parte final do teste, Vitantonio Liuzzi conseguiu se colocar entre os melhores pela primeira vez no ano, dando força às expectativas da sua escuderia, que fala em novos pódios em 2010.

Os destaques negativos foram, mais uma vez, a Virgin e a Red Bull. Os britânicos tiveram problemas em uma parte da asa dianteira do carro de Timo Glock, que se soltou e causou uma bandeira vermelha. A ausência de peças sobressalentes forçou a equipe a abandonar os testes, prometendo um retorno na sexta-feira.

Já o time do vice-campeão Sebastian Vettel não conseguiu mais do que o nono melhor tempo do dia, com 1min22s043, à frente apenas de Glock. O alemão da Virgin completou somente 11 voltas e cravou 1min29s964, tempo semelhante aqueles obtidos por Alonso e Hulkenberg na chuva de quarta.

O alemão da Williams, apesar do terceiro lugar na tabela de tempo, assustou sua equipe pela manhã. Com um vazamento de óleo, o novato parou na pista e causou a primeira bandeira vermelha do dia, mas logo resolveu a situação e voltou ao circuito.

Button, nos minutos finais da sessão, também teve problemas com a sua McLaren e causou a última parada. Na próxima sexta, as novas avaliações podem ser comprometidas pelo mau tempo, já que a previsão é de chuva forte no traçado espanhol. Massa, Barrichello e Di Grassi devem guiar pela primeira vez em Jerez.

veja também