MENU

Kobe Bryant manda recado para a seleção: 'Juntos na busca do hexa'

Kobe Bryant manda recado para a seleção: 'Juntos na busca do hexa'

Atualizado: Segunda-feira, 28 Junho de 2010 as 8:40

Kobe Bryant assina a camisa da seleção brasileira

(Foto: Leandro Canônico / Globoesporte.com)  

No alto de um dos maiores prédios de Joanesburgo está a seguinte mensagem: "Juntos na busca do hexa". Assim mesmo, em português. Pode até parecer uma simples frase de incentivo, comum em época de Copa do Mundo, mas quando em seguida vem o nome do autor, ela ganha um peso maior. Afinal, é de autoria de Kobe Bryant, astro da NBA e um dos principais esportistas da atualidade. A mensagem do jogador dos Los Angeles Lakers para a seleção brasileira faz parte de uma campanha publicitária da sua fornecedora de material esportivo, a mesma do Brasil. E a escolha de Kobe Bryant para ser o responsável por "falar" com o time verde e amarelo não foi à toa. Até porque o objetivo de ambos é o mesmo: o hexa. No caso dele, o da NBA, e no caso do Brasil, o da Copa do Mundo.

- Parece que estou caçando o Brasil (por conta do mesmo número de títulos). Vai ser uma bênção se a seleção brasileira conquistar o sexto mundial. Se eu ganhar o meu, vou passar minhas próximas férias no Rio de Janeiro celebrando com eles. Ainda não conheço o Brasil. Estou ansioso por isso - declarou o astro da NBA, durante entrevista exclusiva para a TV Globo.

Com 1,98m e um andar todo gingado, Kobe surgiu em uma praça de Joanesburgo no cair da noite para dar essa entrevista. E com a mesma tranquilidade que dá uma enterrada, ele falou sobre vários assuntos. Mostrou-se, aliás, um grande fã do futebol brasileiro, ao qual sempre se refere como alegre, feliz, espontâneo...

- O que eu posso dizer? Eles são fenomenais. É divertido assistir aos jogos do Brasil. É ótimo estar em uma Copa do Mundo. Está sendo divertido demais. Por conta da NBA e de compromissos com a seleção, eu nunca tive essa oportunidade antes - comemorou Kobe, que recentemente ganhou seu quinto título da NBA e agora tem como meta igualar Michael Jordan, dono de seis taças.

Mas a primeira lembrança que o craque do basquete tem de futebol é do maior ídolo da Argentina, principal rival da seleção brasileira.

- Minha primeira memória de futebol é de quando eu morava na Itália e via o Maradona jogar pelo Napoli. Era a época de ouro do futebol italiano, que tinha os maiores craques - disse Bryant, que viveu sete anos no país europeu porque seu pai, Joe Bryant, trocou a NBA pela liga europeia.

A passagem de Kobe Bryant pela África do Sul teve uma parada em Soweto, famoso distrito de Joanesburgo, na manhã deste domingo. O astro da NBA foi lá para conversar com crianças carentes em evento do seu patrocinador. E gostou.

- Foi demais. As crianças têm muita energia. Fiz algumas jogadas com elas e foi interessante poder conversar e passar algumas coisas que aprendi. Fiquei impressionado com a maneira que elas me olhavam, atentas, prestando atenção em tudo o que falava - contou Bryant.

Antes de encerrar a entrevista exclusiva com a TV Globo, Kobe assinou uma camisa do Brasil e deixou o local da mesma maneira que chegou... andando com gingado.

Kobe Bryant mostra como crianças ficaram ao vê-lo no Soweto

(Foto: Leandro Canônico / Globoesporte.com)     Por Bruno Laurence e Leandro Canônico Direto de Joanesburgo, África do Sul

veja também