MENU

Larri quer melhorar falhas de Bellucci para jogos contra os Top 10 em 2011

Larri quer melhorar falhas de Bellucci para jogos contra os Top 10 em 2011

Atualizado: Sexta-feira, 17 Dezembro de 2010 as 11:17

Desde o fim de 2009, Thomaz Bellucci está no seleto grupo dos 50 melhores tenistas do mundo, segundo o ranking da ATP. Entretanto, o brasileiro sempre teve muitas dificuldades para enfrentar os Top 10 - foram nove jogos na carreira, com nove derrotas. Um dos trabalhos de Larri Passos, seu novo técnico, foi tentar identificar o problema para tentar dar um passo à frente nos torneios em 2011. Para isso, os dois estão trabalhando duro no centro de treinamento em Camboriú. O treinador diz estar trabalhando com o lado psicológico e, principalmente, com o volume de jogo.

- Estou buscando uma energia forte na cabeça dele o tempo inteiro. Estou conversando a "linguagem tenística": o que o top 10 faz, no que eles são diferenciados, e o que ele vai fazer. Se o Thomaz se fortalecer cada vez mais na quadra, com mais volume, vai enfrentar os caras de igual pra igual. Coragem ele tem, decisão e respeito já ganhou. Agora é chegar lá, os dois juntos, mostrar o peito e enfrentar os "caras". Lutei muito para fazer um número 1 do mundo e, se depender de mim e da energia de Bellucci, vamos tentar passar por cima deles. Não vou entrar para brincar. Sou corajoso, sou teimoso, ele também. Vamos mostrar para esses "caras" que o Brasil vai chegar lá de novo - diz Larri.

Bellucci, por sua vez, diz não estar pressionado antes da temporada 2011. O número 31 do mundo confia no trabalho ao lado do técnico Larri Passos para melhorar os resultados de 2010.

- Não estou pressionado. Cada dia em que a gente treina aqui é um desafio para tentar melhorar, mas não tem muito mistério: é entrar na quadra, trabalhar, dar o máximo para tentar passar por cima do cara que está do outro lado da rede na hora do jogo. Não tem segredo. Espero que 2011 seja um ano melhor do que 2010, que foi especial, minha melhor temporada. Acho que o trabalho com o Larri, um cara experiente e que vai me passar coisas legais, vai melhorar meus resultados. Ainda em fase de "reconhecimento do terreno", Larri ainda não faz muitas brincadeiras com Bellucci, mas não resiste. Enquanto o tenista dava entrevista para uma equipe de TV, o técnico jogava bolas na direção de câmera, para gargalhadas dos presentes. A intenção dele é fazer o tenista se soltar um pouco mais, ter felicidade com seu jogo.

- Da maneira como estamos trabalhando agora, sempre alegres e felizes, mesmo cansado, ele tem tudo para ser um top, sem duvidas. A diferença é que ainda não posso fazer muitas brincadeiras; de repente ele vai achar que estou exagerando, mas a gente está se conhecendo. Acho que um dos meus segredos é esse: tentar entrar dentro da cabeça do jogador e descobrir o que ele tem de melhor.

veja também