MENU

Leandro Guerreiro prevê jogo difícil e pede apoio total do 12º jogador celeste

Leandro Guerreiro prevê jogo difícil e pede apoio total do 12º jogador celeste

Atualizado: Quinta-feira, 12 Maio de 2011 as 2:19

  GLOBOESPORTE.COM Belo Horizonte imprimir

(Foto: Fernando Martins/Globoesporte.com) Ciente da dificuldade do próximo compromisso do Cruzeiro neste domingo, na decisão do Campeonato Mineiro, contra o Atlético-MG, o volante Leandro Guerreiro faz um apelo à torcida. Para ele, o cruzeirense - único que estará presente na Arena do Jacaré, às 16h (de Brasília), - precisará ser o 12º jogador do time. Para levar a taça, a equipe celeste precisará vencer por qualquer placar.

- O torcedor que for tem que incentivar desde o início, ou até antes mesmo antes, para a gente sentir aquele calor do torcedor, já no vestiário escutar o torcedor gritando, incentivando, porque vamos precisar. Precisaremos de apoio do início ao fim, que o torcedor seja aquele 12º jogador, que possamos levar aquele espírito do torcedor para dentro de campo e conseguir a vitória.

Nos trabalhos coletivos desta semana, Leandro Guerreiro chegou a treinar no meio campo e na lateral-direita. No entanto, o técnico Cuca já disse que o time para o clássico ainda não está definido.

Com o título sendo disputado pelos dois maiores clubes e rivais do futebol mineiro, Leandro Guerreiro prevê uma partida tensa.

- No início vai ser um pouquinho tenso sim, uma equipe estudando a outra. Dependemos apenas da gente, temos que fazer um gol e não tomar. Aí seremos campeões. Com certeza será um jogo tenso, complicado, e esperamos sair vitoriosos. Temos tudo para reverter a situação e ganhar o jogo.

Na alegria e na tristeza...

Aos 32 anos, experiente, Leandro Guerreiro diz que um provável mérito do time, no caso de título, será dividido entre todos os jogadores. No entanto, em casa da perda do título, todos também serão responsáveis.

- Já tive muitas vezes por baixo, tendo que reverter situações, como é desta vez. Nada de desesperar, não pode querer achar culpado nessa hora. Se ganhar, todo mundo vai ganhar. E se perder, todo mundo vai perder. É ter tranqüilidade, trabalhar sério durante a semana, se der, até um pouquinho a mais. É o algo a mais que vai decidir os jogos. O importante nesse jogo decisivo é ter erro zero. Quem vacilar menos vai sair vitorioso.        

veja também