MENU

'Liberado' pela seleção, Lucas vai finalmente enfrentar o Timão

'Liberado' pela seleção, Lucas vai finalmente enfrentar o Timão

Atualizado: Terça-feira, 20 Setembro de 2011 as 10

Um dos principais jogadores do São Paulo, o meia Lucas finalmente poderá enfrentar o Corinthians, clube que o revelou para o futebol. Em 2011, o atleta ficou fora dos dois duelos porque estava defendendo a Seleção Brasileira convocada por Mano Menezes. O primeiro duelo, na vitória por 2 a 1, pelo Campeonato Paulista, em Barueri, ficou marcado pelo centésimo gol do goleiro e capitão Rogério Ceni pelo time do Morumbi. O segundo, pelo Campeonato Brasileiro, terminou com a goleada alvinegra por 5 a 0, no Pacaembu.

No único duelo como profissional pelo São Paulo contra o Corinthians, Lucas

viu o Tricolor ser derrotado pelo adversário por 2 a 0, no Brasileirão de 2010,

 no Morumbi  (Foto: Marcos Ribolli / GLOBOESPORTE.COM)

  Como profissional, Lucas enfrentou o Corinthians apenas uma vez. Foi pelo nacional do ano passado, em partida disputada no dia 7 de novembro e que terminou com a vitória do Timão por 2 a 0, gols marcados por Elias e Dentinho.

- Todo jogador quer disputar um clássico como esse. Mas fiquei fora por uma boa razão, afinal estava defendendo o meu país. Finalmente chegou a hora de enfrentar o Corinthians. O importante é o São Paulo ganhar porque precisamos da vitória para assumir a liderança – afirmou.

Lucas terá a oportunidade de, nesta quarta-feira, completar a sua trinca de gols contra os principais rivais do São Paulo. Em seu primeiro clássico como profissional, marcou um golaço contra o Palmeiras. E, no Brasileirão deste ano,  repetiu a dose contra o Santos, na Vila Belmiro. Ele lembra que, se isso acontecer, pode até pintar uma comemoração especial. (Reveja o gol contra o Santos) - Nunca penso antes. Na hora em que marco gol é que penso numa comemoração e espero que possa ajudar o time a vencer. Se não for marcando gols, pode ser dando passes, correndo – disse a joia são-paulina.

O meio-campista enfrentará pela segunda vez a equipe que o revelou para o futebol. Ele deixou o Corinthians em 2006 para assinar contrato com o São Paulo . Questionado sobre o assunto, ele falou sobre a época de Parque São Jorge. No ano passado, inclusive, o presidente alvinegro, Andrés Sanches, acusou o São Paulo de ter roubado o jogador.

- Daquela época ficaram na memória algumas coisas que conquistei na base. O momento que passava, pegava ônibus e metrô para ir treinar. Tudo serviu para o meu desenvolvimento.          

veja também