MENU

Líder discreto, Jefferson não foge de seu papel: 'Sei que sou um espelho'

Líder discreto, Jefferson não foge de seu papel: 'Sei que sou um espelho'

Atualizado: Quinta-feira, 19 Maio de 2011 as 10:11

Jefferson na premiação do Cariocão 2011: prêmios se tornaram comuns na carreira do atleta (Foto: Thiago Fernandes / Globoesporte.com)

  Uma das preocupações de Caio Junior ao chegar ao Botafogo foi detectar os líderes do grupo. Mas não apenas aqueles líderes que conversam bastante e orientam os companheiros com muitas palavras. O treinador queria achar os jogadores que exercem influência sobre o time mesmo que silenciosamente. E achou. Discretamente, o goleiro Jefferson cada vez mais assume esse papel diante de seus companheiros.

- O Jefferson é um jogador fundamental na equipe. Passa uma grande confiança e isso nos deixa mais tranqüilo. Dizem que um bom time começa com um bom goleiro. Sendo assim, estamos muito bem. As convocações dele têm ajudado para que ele ganhe mais confiança e transmita isso para o time e seja um exemplo para os mais novos – disse Marcelo Mattos, outro jogador que também exerce um papel de liderança (é o volante que fica com a braçadeira quando Loco está fora do jogo).

- Jefferson é um goleiro experiente e maduro. Como me identifico muito, acabo pegando algumas características dele. Admiro muito a postura dele no trabalho, profissional e com muita concentração. E o nosso bom relacionamento me dá confiança quando jogo – afirmou o goleiro Renan, em entrevista ao site oficial do clube.

Jefferson não foge da responsabilidade. O goleiro reconhece que tem em suas mãos um papel importante, mas tenta exerce-lo do seu jeito.

- Eu fico feliz pela confiança que os colegas têm em mim. Recusei ser capitão porque minha liderança é mais interna. Sei que sou um espelho para os garotos do time. Por isso, procuro sempre fazer as coisas da maneira mais correta e treino sempre forte – assume.

Avaliação do elenco

Com a liderança sobre o time, vem a responsabilidade de guiá-lo aos bons resultados. Segundo o goleiro, a perspectiva para o Brasileiro é melhor do que muitos apostam. Contudo, o goleiro admite que é necessária a contratação de reforços.

- Temos uma equipe boa, mas precisamos de elenco. Por isso, a diretoria está buscando reforços. Tenho certeza de que faremos uma boa competição. Espero brigar até à última rodada pelo título.

O Botafogo estreia no Brasileiro neste domingo, contra o Palmeiras. O jogo será disputado no estádio Benedito Teixeira, em São José do Rio Preto, a partir das 16h (horário de Brasília).        

veja também