MENU

Líder e lanterna pressionados: Timão e Coelho jogam em busca da reação

Líder e lanterna pressionados: Timão e Coelho jogam em busca da reação

Atualizado: Quarta-feira, 3 Agosto de 2011 as 9

Sheik desencantou no último jogo pelo

Corinthians (Foto: Ag. Estado)

  Exatos 20 pontos separam Corinthians e América-MG na classificação do Campeonato Brasileiro. Mas, nesta quarta-feira, às 19h30m, no Pacaembu, líder e lanterna se encontram obrigados a vencer. Enquanto o Timão tenta voltar aos trilhos após duas derrotas consecutivas e seguir na primeira colocação, o Coelho busca desesperadamente um resultado positivo para quebrar a série de 12 jogos sem triunfar e manter a esperança de seguir na elite.

Depois de nove vitórias e um empate, o Corinthians parecia caminhar tranquilamente para o título. Mas bastou encontrar Cruzeiro e Avaí para que o torneio voltasse a ficar embolado. Os tropeços custaram caro e reduziram de sete para apenas um ponto a vantagem para o Flamengo, segundo colocado. O Timão ainda tem um jogo a fazer, diante do Santos, dia 10 de agosto, na Vila Belmiro.

O América-MG trocou a necessidade de reagir pelo desespero. O Coelho não vence desde a estreia, quando bateu o Bahia. Após isso, foram cinco empates e sete derrotas, a última delas, em casa, para o Coritiba. O revés custou o emprego do técnico Antônio Lopes. O ex-goleiro Milagres ficará no comando diante do Timão até Givanildo Oliveira assumir o cargo.

Antônio de Carvalho Schneider (RJ) é o árbitro da partida. Os auxiliares são Rodrigo Henrique Correa (RJ) e Luiz Muniz de Oliveira (RJ). O Premiere Esportes transmite para todo o Brasil. Você acompanha também, em Tempo Real, no GLOBOESPORTE.COM. (Confira os preços dos ingressos) .

Corinthians: o Timão joga com a obrigação de vencer. Não só para continuar em primeiro lugar na tabela como por enfrentar um dos grandes candidatos ao rebaixamento à Série B do Brasileiro. Além disso, o Alvinegro terá na sequência duas partidas difíceis como visitante: Atlético-PR, domingo, e Santos, na quarta-feira seguinte.

América-MG: a reabilitação de um time que só venceu na primeira rodada (1 a 0 em cima do Bahia). O América-MG vai para o terceiro técnico em 14 rodadas, sem contar com o interino, que comanda o time nesta quarta. Chegou a ter o artilheiro do Campeonato Brasileiro – Alessandro, que tem cinco gols. Fez partidas de animar a torcida, como os empates com Grêmio e Palmeiras. Mas não consegue embalar, não consegue vencer desde a segunda rodada.

Corinthians: o técnico Tite fez apenas uma mudança em relação ao time derrotado em Florianópolis. O zagueiro Chicão foi liberado pelos médicos ao se recuperar de uma lesão na coxa direita sofrida na semana passada. O capitão retorna na vaga de Paulo André, agora opção no banco de reservas. A formação é a seguinte: Renan, Weldinho, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Danilo; Willian, Emerson e Jorge Henrique.

América-MG: o técnico interino, o ex-goleiro Milagres, não confirma a equipe. O time tem duas ausências: os volantes China, machucado, e Amaral, suspenso. Se não preparar nenhuma surpresa (isso em relação ao jogo passado e ao time que treinou na terça-feira), o América-MG que entra em campo esta noite terá Neneca; Marcos Rocha, Micão, Willian Rocha e Gilson; Dudu, Leandro Ferreira, Glauber e Rodriguinho; Léo e Kempes.

Corinthians: o lateral-direito Alessandro e o meia Ramírez estão recuperados de lesões, mas continuam fora. A tendência é de que sejam relacionados para enfrentar o Furacão no domingo, em Curitiba. O goleiro Julio Cesar, com uma luxação exposta no dedo mínimo da mão direita, e o artilheiro Liedson, operado no joelho esquerdo, seguem em tratamento. América-MG: o volante China se machucou no jogo passado (derrota de 3 a 1 sobre o Coritiba). Além dele, Milagres não poderá contar com o zagueiro Anderson, que continua no departamento médico se recuperando de um estiramento muscular na nádega.

Corinthians:  Leandro Castán e Ralf.

América-MG: Alessandro, China, Gabriel Santos, Gilson, Kempes e Willian Rocha.

  Corinthians: Emerson perdeu algumas oportunidades claras contra o Avaí, mas, enfim, desencantou. Agora atuando como centroavante na vaga de Liedson, o Sheik marcou o primeiro gol com a camisa do Corinthians e, aos poucos, vai ganhando ritmo. Contra o lanterna do Brasileirão, tem a chance de balançar a rede diante da Fiel.

América-MG: com Alessandro no banco e a não confirmação de Fábio Júnior na equipe (está relacionado, mas deve ficar como opção), o atacante Kempes é a esperança de gols da equipe mineira. Ele, que marcou o único gol do América-MG na derrota para o Coritiba na rodada passada, pode ter uma nova oportunidade entre os titulares para mostrar o bom futebol que apresentou quando entrou no decorrer das partidas.

Tite, técnico do Corinthians: “Vamos enfrentar um adversário que não tem a mesma tradição do Corinthians, mas merece todo respeito. Isso gera uma obrigação e uma pressão maior. Quero que a equipe tenha maturidade e consciência. Temos 90 minutos para construir o placar, mas sempre procurando marcar bem, usando velocidade sem ser desesperado e com a média de rendimento dos outros jogos. Estamos pressionados”.

  Milagres, técnico interino do América-MG: “Com o tempo tão escasso que tivemos para trabalhar, procuramos manter a estrutura que a equipe vinha mantendo. Sabemos que vamos enfrentar o time líder, na casa do adversário, mas os atletas têm consciência da qualidade que têm, individual e em grupo. A cobrança é 24 horas por dia e os atletas sabem disso, sabem que lá dentro um vai estar ajudando ao outro, é um momento difícil e precisam estar unidos e ter força para sair dele”.

* Quem venceu mais? Confira o histórico do confronto na Futpédia . * A história do confronto entre Corinthians e América-MG pelo Campeonato Brasileiro é bem curta. Em 40 anos, as duas equipes se enfrentaram apenas oito vezes e curiosamente cinco destes jogos foram disputados entre 1971 e 74.

* Em São Paulo, Corinthians e América-MG se enfrentaram quatro vezes pelo Campeonato Brasileiro, com três vitórias corintianas, todas por 3 a 1 em 1971, 74 e 98, além de um empate por 1 a 1, no Pacaembu em 1973.

* O América-MG venceu duas vezes o Corinthians dentro do Campeonato Brasileiro. As duas vitórias americanas aconteceram no Mineirão, em janeiro de 1974, por 1 a 0, gol de Cândido, e em 2000, por 2 a 1, gols de Zé Afonso e Henrique, marcando Fernando Baiano para o Timão.

Corinthians e América-MG se enfrentaram pela última vez pela Copa João Havelange de 2001. A partida foi disputada no estádio Independência, em Belo Horizonte, e terminou empatada por 4 a 4. Batata (dois), Ricardinho e Gil fizeram os gols para os paulistas. Mirandinha, Somália (dois) e Fabrício fizeram para os mineiros. O Timão terminou em 18º lugar, enquanto o Coelho foi o penúltimo, sendo rebaixado.              

veja também