MENU

Líder palestino se rende ao Barça e diz que esporte pode 'abrir portas'

Líder palestino se rende ao Barça e diz que esporte pode 'abrir portas'

Atualizado: Terça-feira, 17 Maio de 2011 as 11:21

Mahmoud Abbas, presidente da Palestina (Reuters)

  Presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, se rendeu ao Barcelona e declarou a torcida pelo clube espanhol contra o Manchester United na final da Liga dos Campeões da Uefa, no dia 28 de maio. O líder palestino afirmou ainda que é preciso separar futebol da política, e acredita no esporte como “transmissor de mensagens positivas”.

- Meus netos são todos torcedores do Barcelona, e eu me contagiei. Temos que vencer. O esporte é muito importante, porque tem uma linguagem comum em todo o mundo. É universal. O esporte leva apenas mensagens positivas. No passado, abriu portas importantes – disse, em entrevista ao jornal italiano “La Gazzetta dello Sport”.

Abbas falou ainda sobre o acordo de colaboração feito em Lausanne, na Suíça, em janeiro, entre os comitês israelense e palestino, que inclui auxílio, por parte de Israel, para que os atletas palestinos desenvolvam seus treinamentos.

- Os jovens precisam se encontrar para se conhecerem. Somos primos, mas não nos conhecemos. Este é o problema. Em Israel, há pessoas que entendem a necessidade de diálogo, mas alguns políticos seguem sem querer que as coisas mudem. Este é o obstáculo. O esporte poderá derrubar velhas e erradas convicções, porque os jovens querem um futuro diferente. É preciso sair do isolamento – concluiu.      

veja também