MENU

Lincoln chega confiante ao Verdão: 'Não vim para ser reserva, vim para jogar'

Lincoln chega confiante ao Verdão: 'Não vim para ser reserva, vim para jogar'

Atualizado: Terça-feira, 9 Fevereiro de 2010 as 12

Apresentando como mais novo reforço do Palmeiras nesta terça-feira, dia 9, Lincoln, de 31 anos, mostrou bastante otimismo para os dois anos de contrato que terá com o clube. Além disso, esbanjou confiança. Embora esteja há oito meses sem jogar por conta do litígio com o Galatasaray, da Turquia, o meia avisa que chega para ser titular.

- Eu não vim para o Palmeiras para ser reserva. Eu vim para jogar, para ser titular. Só estou esse tempo todo parado por opção minha. Estou feliz em trabalhar com o melhor técnico do Brasil, que é o Muricy Ramalho, e sei que é ele quem decide, porque o clube tem um elenco e respeito todos – falou o novo meia do Verdão.

Lincoln está desde maio sem fazer uma partida oficial porque brigou com a diretoria do clube turco. O jogador tinha propostas para deixar o Galatasaray, mas a equipe não facilitou a sua liberação. Ele, então, decidiu não jogar mais e o processo chegou até a Fifa. Agora que acertou com o Palmeiras, tudo está resolvido.

- Estou há um tempo fora, mas o futebol não tem muita diferença de um lugar para o outro. Mas é claro que vou precisar de um tempo para me adaptar. Tenho certeza que escolhi o clube certo para recomeçar e que todos vão fazer questão de me ajudar na minha readaptação – acrescentou Lincoln.

O novo palmeirense afirmou que durante todo esse tempo parado não deixou de cuidar da parte física, mas que para voltar a jogar ainda é cedo.

- Estou ansioso para voltar a treinar, para ter contato com a bola. Mas tenho de ser cauteloso, porque não posso querer entrar e me machucar logo de cara – finalizou.

No Palmeiras, Lincoln usará a camisa 99, em alusão aos 99 gols que tem na carreira até aqui, em 428 jogos como profissional.

Por: Leandro Canônico

veja também