MENU

Lista do Inter perdeu atacantes porque lesão de Glaydson preocupa

Lista do Inter perdeu atacantes porque lesão de Glaydson preocupa

Atualizado: Terça-feira, 30 Novembro de 2010 as 8:50

A lista de 23 jogadores do Inter para o Mundial de Clubes surpreendeu pela presença de apenas três atacantes – Rafael Sobis, Alecsandro e Leandro Damião. Mas a definição dos nomes não foi um surto de defensivismo do técnico Celso Roth. A explicação está em Glaydson. Uma lesão muscular no volante convenceu o treinador colorado, por precaução, a convocar tanto o lateral-direito Daniel quanto o volante Derley. Com isso, sobraram Eduardo Sasha e Edu.

A grande questão é que Glaydson é o reserva imediato como volante e também como lateral-direito. Assim, o efeito de uma eventual ausência dele é duplo. Roth preferiu ser cauteloso. E acabou listando menos atacantes. Como cinco meias foram relacionados (Tinga, D’Alessandro, Giuliano, Andrezinho e Oscar), o desequilíbrio no elenco pode ser amenizado. Em uma necessidade, Rafael Sobis pode virar centroavante, com a entrada de mais um articulador no time.

Até o Mundial, o problema na panturrilha de Glaydson deve estar solucionado. Mas a situação, ainda em análise, não é tão simples assim. O clube está preocupado que o jogador não se recupere em tempo ou que a lesão suma e reapareça no meio do Mundial. Nesse caso, se Nei ou algum volante se machucar, será necessário ter alternativas. É aí que reside a explicação para as presenças de Daniel e Derley. O lateral desbancou Edu. Havia uma última dúvida entre o volante e Sasha. Derley venceu. Via assessoria de imprensa, o jogador agradeceu a confiança depositada por Celso Roth.

- Fiquei muito feliz por esse reconhecimento ao meu trabalho. É uma oportunidade única, a realização do sonho de qualquer jogador, e eu sou muito grato ao Internacional por me proporcionar isso. Agora é treinar forte para estar preparado se o professor Celso precisar de mim - afirmou Glaydson.

Se a lesão de Glaydson persistir, o jogador pode ser substituído. O regulamento do Mundial permite a troca até um dia antes da estreia – no caso, até 13 de dezembro. O substituto precisa sair, necessariamente, da pré-lista de 30 nomes

veja também