MENU

Liverpool admite superioridade do Manchester, mas promete revanche

Liverpool admite superioridade do Manchester, mas promete revanche

Atualizado: Terça-feira, 10 Maio de 2011 as 9:40

Gerrard quer fazer do Liverpool, novamente, o maior vencedor da Inglaterra (Foto: Getty Images)

  Caso confirme o favoritismo e conquiste um ponto nos próximos dois jogos, o Manchester United vai conquistar o título inglês da atual temporada e tornar-se o maior vencedor da história do futebol na Terra da Rainha, com 19 conquistas, superando o Liverpool, que tem 18 e mantém a hegemonia desde o início da década de 90. Apesar da rivalidade, o treinador Kenny Dalglish e o meia Steven Gerrard reconhecem a superioridade do United nos últimos anos.

Os Diabos Vermelhos conquistaram 10 títulos nos últimos 17 anos . Uma marca incrível e valorizada até mesmo pelos rivais, que agora só podem correr atrás do prejuízo.

- Normalmente, o campeão é o melhor time. Não acho que o Manchester United seja diferente. Eles são nossos rivais, mas não podemos tirar seu mérito. Eles mudaram os padrões do futebol inglês e assumiram a hegemonia por merecimento. Agora nós temos que fazer o melhor para retomarmos este posto em breve - disse Dalglish.

Steven Gerrard reconhece que o jejum de conquistas no campeonato nacional, que dura desde a temporada 1989-1990, machuca, mas diz que o time ainda pode se gabar de ter mais Ligas dos Campeões da Uefa do que o rival: são cinco, contra três do United, que pode faturar a sua quarta no próximo dia 28 de maio, na final contra o Barcelona, em Wembley.

- Machuca, porque tínhamos o recorde faz tempo. Temos que dar crédito a eles, porque eles nos ultrapassaram merecidamente nestes últimos anos. Mas estamos voltando ao nosso melhor e queremos lutar para recuperar a hegemonia. Essa é a motivação. Ainda temos mais Ligas dos Campeões e isso nos dá muito orgulho, mas todos aqui querem voltar a conquistar o Campeonato Inglês depois de tanto tempo - completou Gerrard.

O Liverpool goleou o Fulham na última segunda-feira e chegou à quinta colocação, com 58 pontos, dois a mais que Tottenham. Sendo assim, a única vaga da Liga Europa via Premier League seria atualmente da equipe da terra dos Beatles.        

veja também