MENU

Louco para jogar, Chico se apresenta pronto para ser volante ou zagueiro

Louco para jogar, Chico se apresenta pronto para ser volante ou zagueiro

Atualizado: Segunda-feira, 31 Janeiro de 2011 as 1:58

O Palmeiras apresentou, na manhã desta segunda-feira, o volante Chico, de 23 anos, que defendeu o Atlético-PR no ano passado. O jogador foi recebido pelo vice de futebol, Roberto Frizzo, vestiu a camisa alviverde, fez muitos elogios ao novo clube e revelou que está louco para estrear, se possível já neste domingo, contra o Corinthians, no Pacaembu, pelo Paulistão. Confira os principais trechos da entrevista do reforço, que assinou por dois anos com o Verdão.

Expectativa de jogar no Palmeiras

"É um prazer estar no Palmeiras, um grande clube de tradição. O Atlético também é grande, foi lá que me criei, só que todo mundo sabe a importância que tem jogar em São Paulo e espero honrar essa camisa".

Chance de estreia contra o Corinthians, neste domingo

"Quero jogar o mais rápido possível, mas não depende de mim, tem a questão de contratos, preciso aparecer no BID. Vamos esperar".

Volante ou zagueiro

"O Felipão sabe que gosto de jogar de volante, ano passado tive ascensão, mas também expliquei que posso jogar de terceiro zagueiro. Quero ajudar, não importa em que posição. Quero ajudar o Palmeiras".

Prioridade para a marcação

"Sou um jogador de competição e muita marcação, é o primeiro quesito para um defensor. Posso até sair para o jogo, mas a primeira qualidade de um defensor tem que ser a marcação. Agora quero adquirir a melhor forma física porque estou há algum tempo parado e preciso me adaptar ao time logo".

Planos desfeitos para o futebol europeu

"Mesmo se eu fosse para fora viria antes para cá para ficar um ano, essa era a minha prioridade, Já estava mais do que certo. Houve problemas, conversamos com o Palmeiras e acertamos tudo".

De olho no desempenho do Palmeiras

"Venho acompanhando o time desde o fim do ano passado, na Copa Sul-Americana. Np Paulista a forma ainda não era ideal, mas a evolução foi acontecendo. Eu me vejo jogando nesse time sim, mas tenho que procurar meu espaço trabalhando, estou há dois meses parado, preciso pegar ritmo e estou me dedicando nos treinos para estar à disposição do treinador".    

veja também