MENU

Lucas aposta em dupla com Rivaldo: 'E só ele lançar que eu vou correr'

Lucas aposta em dupla com Rivaldo: 'E só ele lançar que eu vou correr'

Atualizado: Sexta-feira, 22 Julho de 2011 as 9:32

Além de poder acompanhar a estreia do técnico Adilson Batista, o torcedor são-paulino que for ao estádio do Morumbi no próximo sábado para ver a partida contra o Atlético-GO terá a oportunidade de rever uma dupla que atuou junta em apenas duas partidas da equipe na temporada 2011: Lucas e Rivaldo. O garoto, maior destaque da equipe, voltará ao Tricolor após ficar um mês na Seleção Brasileira e reencontrará o camisa 10, que renasceu após a demissão do técnico Paulo César Carpegiani. Nas duas vitórias em que esteve em campo, contra Cruzeiro e Internacional, o veterano deu assistências para três gols.

Lucas e Rivaldo formarão a dupla de armadores no sábado, contra o Atlético-GO (Foto: VIPCOMM)

  Animado por voltar ao time, Lucas disse que ele e Rivaldo podem perfeitamente se entender na equipe. E até deixou um recado para o companheiro.

- Temos características diferentes e é claro que podemos jogar. É só ele lançar que eu vou correr. Ele tem uma qualidade incrível no passe e, juntos, poderemos levar o time para a frente. O Rivaldo é um exemplo. Sempre estamos conversando e ele procura dar um conselho, algo que possa me ajudar. Será uma honra atuar ao lado dele – afirmou a joia são-paulina.

Adilson Batista conversa com Rivaldo no treino

(Foto: Rubens Chiri / Site oficial do São Paulo FC)

  Com Paulo César Carpegiani no comando, Lucas e Rivaldo começaram jogando juntos em duas ocasiões: na derrota por 1 a 0 para o Santa Cruz, pela Copa do Brasil, no Recife, e no empate por 1 a 1 com o Oeste de Itápolis, em Mogi Mirim, ainda pela fase de classificação do Campeonato Paulista. O camisa 10 não tinha prestígio com o ex-treinador e ficou por longo tempo no ostracismo no clube.

Agora com Adilson Batista, tudo parece ter mudado. Logo em sua apresentação, o novo treinador disse que conta e muito com a experiência de Rivaldo para fazer o time manter o bom futebol apresentado nas duas últimas partidas.

- O Rivaldo dispensa comentários. O São Paulo é mestre em trazer jogadores experientes e que contribuem muito em um grupo jovem como este. Já teve Alemão, Cerezo, Falcão, as voltas de Raí e Muller. A diretoria agiu corretamente em trazê-lo e eu já disse que quero a receita do quindim para ficar fininho como ele. Está correndo como um menino – afirmou o treinador na ocasião.

Resta agora ver o que a dupla vai aprontar no final de semana.          

veja também