MENU

Lucas diz que grupo do São Paulo 'está fechado' com Carpegiani

Lucas diz que grupo do São Paulo 'está fechado' com Carpegiani

Atualizado: Segunda-feira, 23 Maio de 2011 as 10:13

A vitória por 2 a 0 sobre o Fluminense foi especial para um jogador do São Paulo: Lucas. Grande estrela do Tricolor na temporada, o meia foi vaiado por membros de uma torcida organizada do clube durante a derrota por 3 a 1 para o Avaí , resultado que marcou a eliminação do time paulista na Copa do Brasil, em Florianópolis, há duas semanas. Lucas não estava com 100% de suas condições físicas – havia acabado de sair do departamento médico, com uma lesão muscular na coxa. Por isso, sentiu que precisava logo de uma grande atuação para apagar aquela imagem ruim.

A volta por cima veio contra o Fluminense. E em grande estilo. Com um golaço, bem ao seu estilo de arrancadas, Lucas ajudou o São Paulo a vencer por 2 a 0 e dar um alento ao técnico Paulo César Carpegiani, criticado por torcedores, conselheiros e até diretores – o treinador só não foi demitido porque a diretoria não encontrou uma opção melhor no mercado e a multa rescisória é alta (R$ 1 milhão).     - O grupo está fechado com o Carpegiani. Vamos jogar por ele. É uma excelente pessoa e sabe que estamos com ele. Aliás, independentemente de quem estiver no comando, nós sempre vamos dar o melhor para levar o São Paulo às vitórias.

Além de elogiar Carpegiani, Lucas exaltou a união do grupo. Logo após o apito final em São Januário, os jogadores se abraçaram no meio de campo. A ideia partiu do atacante Dagoberto.

- A gente se juntou para espantar a má fase e mostrar que o grupo está unido – disse Lucas, fazendo questão de ressaltar a boa atuação de jogadores menos badalados, como o jovem volante Wellington.

- Veja que os jogadores mais importantes deles (Fluminense) não conseguiram jogar, como Conca e Deco. O Wellington fez uma excelente partida e temos de ressaltar isso.

Na hora de falar sobre o gol, Lucas abriu um largo sorriso, mas não deixou de, mais uma vez, elogiar os companheiros.

- É uma jogada típíca minha, gosto de pegar a bola e sair pra frente. Acabei sendo feliz, mas é importante dizer que todo o grupo ajudou nessa vitória.

Lucas, do São Paulo, brilhou contra o Fluminense, em São Januário (Foto: Alexandre Loureiro / VIPCOMM)          

veja também