MENU

Lucas rejeita rótulo, mas aponta Ganso e Gaúcho como craques

Lucas rejeita rótulo, mas aponta Ganso e Gaúcho como craques

Atualizado: Terça-feira, 22 Março de 2011 as 9:26

Destaque do São Paulo e da Seleção Brasileira Sub-20, que foi campeã do Sul-Americano no Peru, Lucas preferiu fugir do rótulo de craque. Já aclamado pela torcida e pela imprensa, o garoto, de 18 anos, não se desvaloriza, mas acha que o elogio ainda é muito prematuro para alguém que está começando a carreira. Ele aponta dois nomes do futebol brasileiro que estão no patamar de craques e revela o desejo de um dia ser o melhor do mundo, e aí sim ser chamado pelo termo.

- Eu me considero um jogador que pode ajudar muito um elenco. Craque fica para vocês decidirem. Sou esforçado e útil. Um dia quero ser um craque e realizar o sonho de ser o melhor do mundo. Mas um craque precisa ser completo. Eu tenho muito o que aprimorar para chegar nesse patamar. Ronaldinho Gaúcho, principalmente por tudo que conquistou, e Ganso são craques – explicou o jogador.

Já o capitão são-paulino, Rogério Ceni, aponta Lucas como o segundo melhor jogador em atividade no Brasil, atrás de Ganso e à frente de Neymar.

Mesmo sem se denominar craque, Lucas admite que virou destaque rapidamente na carreira. E acrescenta que a conquista com a Seleção Sub-20, que garantiu ao Brasil uma vaga nas Olimpíadas de Londres-2012, foi essencial para sua ascensão.

- Aconteceu tudo muito rápido na minha vida, tenho apenas sete meses de profissional. A Seleção Sub-20 foi o passo principal para meu estouro na carreira. Depois que fomos campeões e com um jogo inesquecível na final as pessoas passaram a me conhecer, foi fundamental pra mim – disse o meia.      

veja também