MENU

Lucas vai a julgamento e cobra presença de árbitro que o expulsou

Lucas vai a julgamento e cobra presença de árbitro que o expulsou

Atualizado: Sexta-feira, 8 Abril de 2011 as 3:58

  O meia Lucas ainda está incomodado com a expulsão na partida da última quarta-feira, contra o Santa Cruz, pela Copa do Brasil. Na vitória tricolor por 2 a 0, o atleta levou o cartão vermelho depois de uma disputa de bola com Everton Sena (também expulso), do time pernambucano. O árbitro Gutemberg de Paula Fonseca gesticulou na ocasião, entendendo que o são-paulino deu uma cotovelada no rival, mas as imagens mostram que o atleta não cometeu o ato.

O vermelho foi o primeiro na carreira de Lucas como profissional. Indignado, o atleta partiu para cima do árbitro e precisou ser contido pelos companheiros e até mesmo pelo técnico Paulo César Carpegiani.

- Eu queria entender. Sofri a falta, ele (Everton Sena) me deu uma cotovelada e acabei sendo expulso. Por isso fiquei irritado, queria saber o que aconteceu. Sou um jogador que não bate, só apanha. Apanhei o jogo inteiro, sofri falta, tomei cotovelada, mas estou tranquilo. Vamos esperar o julgamento. Vou fazer questão de ir lá para ver o vídeo na frente de todos – disse Lucas, que chegou a chorar no vestiário pelo episódio.

Além de confirmar a sua presença no julgamento, Lucas, que não atuará no próximo dia 20 contra o Goiás, pela primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil, pediu para que o árbitro também fosse ao tribunal.

- Queria que ele estivesse presente porque na hora ele me disse que tinha dado uma cotovelada. Queria que ele mostrasse nas imagens. Mas agora passou, acontece, todo mundo erra e ele acabou errando também.      

veja também